Mercado da Bola: Guilherme só fica no Atlético-MG se baixar pedida salarial

Getty Images

O atacante Guilherme só fica no Atlético-MG se diminuir o pedido de aumento salarial que fez no começo do ano. Esse é o posicionamento oficial do clube, pelo menos de acordo com o que disse Eduardo Maluf, em reportagem publicada pelo portal Superesportes.

LEIA MAIS:
Mercado da Bola: Reunião nesta terça-feira pode acertar transferência de Réver para o Inter
Mercado da Bola: Atlético-MG fixa preço por lateral-direito e Porto faz primeira proposta

Segundo o mandatário, o técnico Levir Culpi gosta dele e a diretoria pretende mantê-lo, porém o valor requisitado pelo jogador e seus agentes para permanecer no time foi considerado alto demais e isso, na atual situação financeira do Atlético-MG, inviabiliza a manutenção do atleta.

Com contrato para vencer (março), a única possibilidade de Guilherme ficar é se tiver bom senso e baixar o valor solicitado à diretoria, conforme Daniel Nepomuceno já havia frisado semana passada, durante participação no Arena SporTV.

Um dos jogadores mais importantes do time na conquista da Copa do Brasil do ano passado, principalmente pela sua obediência tática e gols decisivos na reta final, Guilherme demorou um bocado para cair nas graças da torcida atleticana, por ter sido revelado pelo Cruzeiro. Em 2014, o jogador fez 10 gols com a camisa do Atlético-MG.

Foto: Getty Images



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...