Marcelo de Lima Henrique sobre o Campeonato Carioca 2014: “Minha atuação individual na decisão foi excelente”

O árbitro Marcelo de Lima Henrique, que em 2015 apitará pela Federação Pernambucana de Futebol, concedeu uma entrevista para O Dia e, dentre muitos esclarecimentos pelas sobre as polêmicas em sua carreira, reafirmou que não se considera culpado pelo erro de arbitragem cometido na final do Campeonato Carioca 2014.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Flamengo pode entrar na briga por Ricardo Oliveira
CBF modifica regras da Copa do Brasil; Veja o que mudou

Na ocasião, o Flamengo sagrou-se campeão carioca sobre o Vasco da Gama ao empatar a partida decisiva por 1 a 1, com um gol irregular marcado por Márcio Araújo nos instantes finais do duelo. Após o jogo, a súmula assinada por Marcelo de Lima Henrique creditava o gol para Nixon, o que obrigou a Federação de Futebol do Rio de Janeiro emitir uma nota se desculpando pelo erro dentro e fora de campo.

O lance, apesar de confuso, mostra claramente que o volante do Rubro-Negro carioca estava em posição irregular no momento em que a bola é cabeceada por Wallace, mas nem o árbitro e nem o seu auxiliar identificaram a irregularidade e confirmaram o gol.

Reveja o lance:

A situação gerou forte indignação dos torcedores cruzmaltinos nas redes sociais, porém não houve nenhuma punição. O Vasco chegou a acionar a Justiça Desportiva exigindo alguma modificação no resultado da partida, mas o que acontece dentro de campo prevalece no futebol brasileiro.

Assim, quando foi questionado pelo O Dia acerca dessa jogada, Marcelo de Lima Henrique não titubeou e, ressaltando o quão difícil era a jogada, se isentou de qualquer responsabilidade pela falha:

“Ainda não consigo apitar e marcar impedimento. Todos que estavam no Maracanã acharam o gol legal. Torcedores, narradores… Só pelo replay, em câmera lenta, se viu que o gol foi do Márcio Araújo, em impedimento. Minha atuação individual na decisão foi excelente”, disse Marcelo de Lima Henrique ao O Dia.