No leito de morte de Vilanova, Messi prometeu ficar no Barcelona, diz ex-técnico

Messi

Em meios aos rumores que estão surgindo sobre a confusão de Lionel Messi/Luis Enrique e consequentemente a saída do camisa 10 do Barcelona, o ex-assistente técnico do clube catalão Henk Ten Cate deu uma entrevista em que disse que o argentino já teria saído se não fosse uma promessa em especial que o ele fez ao ex-treinador e já falecido Tito Vilanova em seu leito de morte.

LEIA MAIS
Será? Após interesse do Chelsea, Messi começa a seguir o clube no Instagram; veja
Neymar apartou discussão entre Messi e treinador do Barcelona, diz jornal espanhol

Henk Ten Cate disse ao jornal holandês De Telegraaf, que Messi prometeu a Tito em seu leito que permaneceria no Barcelona independentemente de qualquer coisa.

“Pelo que sei, os problemas de Messi começaram há dois anos e ele só está ainda no Barcelona porque, no leito de morte de Vilanova, ele prometeu que ficava”, disse o ex-assistente de Frank Rijkaard.

Porém Ten Cate, que trabalhou com Messi no Barça, afirma que seria melhor o craque argentino buscar novos ares e aproveitar seu alto valor no mercado.

“Acho que a saída é a melhor solução para ambas as partes. Messi está no Barcelona há muitos anos e necessita de um novo desafio. O seu valor de mercado ainda é bastante alto nesta altura, mas a partir de agora só irá baixar”, que finalizou afirmando que não viu muito futebol no camisa 10 na última temporada.

“Não é normal brilhar ao longo de 10 anos como ele fez. A maioria dos grandes futebolistas só conseguiu durante sete, oito anos e, para ser honesto, ele não esteve muito bem na temporada passada, apesar das estatísticas terem continuado a ser excelentes”, concluiu Ten Cate.

Vale lembrar que Luis Enrique deu uma entrevista essa semana no Barcelona, e os boatos que correram foi de que o treinador conversou com a diretoria do clube, antes da coletiva, e falou para os dirigentes escolherem entre ele ou Messi, pois já não conseguia trabalhar com o argentino.

Foto: Getty Images



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.