Landon Donovan é homenageado e MLS muda nome do prêmio de MVP

mls
Landon Donovan MVP Award - Foto Dovulgacao

Aposentado desde dezembro, após conquistar o título da MLS Cup, quinto da história do clube, Landon Donovan foi homenageado em evento da Liga e prêmio de MVP carregará o nome do craque a partir de 2015.

LEIA MAIS:
Com dois gols de Torres, Atlético segura o Real Madrid e avança na Copa do Rei
Com erro da arbitragem, São Paulo avança na Copinha

Ontem foi um dia especial para a MLS. Assim como na maioria das modalidades praticadas no país, o Draft é um dos dias mais esperados pelo torcedor. Antes do início da cerimônia, Don Garber, Comissário da Liga, fez um anúncio especial para a nova temporada que se inicia em março: a partir deste ano, o melhor jogador da competição levará para casa o Landon Donovan MVP Award, troféu desenhado pela Tiffany &Co., onde a silhueta do craque aparece dentro do escudo da Liga.

Diferentemente de outros países com tradição futebolística, a escolha não foi uma mera formalidade. Donovan, que jogou pelo San Jose Earthquakes e pelo LA Galaxy, é o maior artilheiro da história da competição (144 gols) e líder de assistências (136 passes). Ganhou a MLS Cup seis vezes (2001, 2003, 2005, 2011, 2012, 2014), uma US Open Cup (2005) e dois Supporters’ Shield (2010, 2011). Individualmente, foi convocado 14 vezes consecutivas para o All Star Game (2001-2014), conquistou o MLS MVP Award duas vezes (2003, 2011), esteve presente por sete vezes no Best XI da competição (2003, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2014), duas vezes premiado como melhor jogador do All Star Game (2001, 2014) e MLS MVP (2008). Além de tudo isso, é o jogador com mais gols e assistências pela Seleção dos Estados Unidos com 57 marcados e 58 servidos. Suas 156 aparições com a camisa nacional o colocam como o segundo a mais vesti-la na história da equipe.

“Quando criança, o futebol era uma válvula de escape para mim – uma maneira de me expressar”, disse Donovan. “Ter esse prestigioso prêmio em homenagem a mim, é realmente inimaginável. Obrigado ao Comissário Garber, Major League Soccer e a todas as pessoas que me apoiaram ao longo do caminho. Estou extremamente orgulhosos desta homenagem”.
Justificando a homenagem, Don Garber disse: “O comprometimento de Landon Donovan para o crescimento do esporte na América do Norte é incomparável e sua contribuição para a Major League Soccer é imensurável. Quando ele se juntou a nós em 2001, mostrou a outros jogadores americanos que era sua Liga por opção. Seu legado ficará para sempre gravado na história da competição e nós agradecemos tudo que ele fez e alcançou, dentro e fora de campo”.

Ano passado, o prêmio, que era chamado apenas de MLS MVP, foi entregue ao companheiro de Donovan, Robbie Keane. Antes dele, figuras como Carlos Valderrama (1996) e até o brasileiro Luciano Emílio (2007), conquistaram o prêmio. Após a homanagem, durante o SuperDraft, o irmão mais novo de Landon e zagueiro, Conor Donovan, da Universidade da Carolina do Norte, foi escolhido pelo Orlando City e será parceiro de Kaká a partir de março.

Crédito da foto: Foto Divulgação



Jornalista Esportivo formado pelo Mackenzie e pela UCLA com passagem pela Rádio Bandeirantes, fundador do perfil Arquivo do Futebol (@futebolarquivo) e jornalista do MLS Brasil. Escreve para o Torcedores.com desde 2014. Twitter: @paulogcanova