Após 3 anos no Corinthians, Felipe terá a primeira chance “tranquila” de calar as criticas

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após boas atuações com a camisa do Bragantino, o zagueiro Felipe chegou ao Corinthians, em 2012, para ser reserva de Chicão e Leandro Castán, onde na época o Timão disputava diversos torneios como o Paulistão, Libertadores e Brasileirão. De lá para cá o defensor tem recebido diversas criticas por parte dos torcedores corintianos, e agora com a saída de Anderson Martins chegou o momento dele tentar “calar” as manifestações contra si.

LEIA MAIS
Em pré-temporada nos EUA, Corinthians apresenta Edilson e Mendoza
Guerrero com medo de avião é destaque em voo do Corinthians para os EUA
Mano Menezes tem direitos de imagem a receber do Corinthians

Digo isso pelo fato de Felipe nunca ter conseguido ter uma sequência que fizesse ele convencer a torcida. Pois se ele entrava e fazia uma partida ruim, como era reserva, no próximo jogo ele já estava frequentado o banco novamente e assim tem sido sua vida no Corinthians até hoje. As criticas sempre culminaram para cima dele e por mais que ele se esforçasse nos treinos e mostrasse que é bom zagueiro para os treinadores, esse esforço não era visto pelos adeptos corintianos.

Felipe sempre foi reserva independentemente se chegava alguém novo na equipe. Ele veio como banco do Chicão e Castán, logo depois foi reserva do Gil e Paulo André, Gil e Cléber e Gil e Anderson Martins. Agora com o retorno do último para o Catar, Felipe não terá ninguém para atrapalhar o que pode ser essa, sua chance de ouro no Timão.

Com o Corinthians indo para a pré-temporada nos Estados Unidos, os torcedores sabem que o único zagueiro reserva será Pedro Henrique, defensor das categorias de base, e que Felipe receberá uma oportunidade de Tite. Como não poderia deixar de ser, os adeptos alvinegros já mostraram seu pessimismo quanto ao zagueiro, porém Felipe sabe que não terá nenhum beque mais experiente no banco e depois de três anos, estará mais “tranquilo” para mostrar seu futebol que ainda não mostrou (se é que ele tem mesmo).

É esperar e ver se depois de três temporadas no Timão ele dará a volta por cima.

Foto: AgenciaCorinthians/DanielAugustoJr



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.