Federação alemã confirma demissão do técnico da seleção feminina de vôlei

Getty Images

Depois da central Christine Furst se despedir da seleção, as mudanças continuam na Alemanha. Nesta sexta – feira (9), o presidente da Federação Thomas Krohne confirmou o desligamento amigável do técnico Giovanni Guidetti, que estava no comando desde 2006. Segundo Krohne, houve uma perda de confiança entre atletas e o técnico após o Mundial, que não foi totalmente recuperada após algumas conversas.

LEIA MAIS
Christiane Furst decide se aposentar da seleção alemã alegando motivos pessoais
Locutor da Globo elogia novos comentaristas da emissora: “são especiais”
Segundo turno da Superliga russa começa com a disputa pela liderança

Com a saída do comando da seleção, Guidetti vai se dedicar, por enquanto, apenas ao Vakifbank, clube turco que dirige desde 2008. A falta de disponibilidade do técnico, por dirigir um outro clube, também foi um dos motivos para o desligamento.

“Após a Copa do Mundo de 2014, que terminou de uma maneira bastante insatisfatória, a confiança entre a equipe e o treinador estava afetada e, mesmo com algumas conversas, não foi recuperada. Para o rejuvenescimento da atual equipe é necessário uma grande disponibilidade de tempo do técnico. No entanto, a disponibilidade de Giovanni Guidetti é limitada por causa de suas obrigações como treinador do Vakifbank Istambul. Não havia outra opção sem ser a nossa separação. Queremos agradecer Giovanni Guidetti por suas impressionantes conquistas e pelo desenvolvimento da equipe nacional feminina.” afirmou Thomas Krohne,  presidente da Federação, em nota oficial.

As principais conquistas do técnico foram as duas medalhas de prata no Campeonato Europeu, em 2009 e 2011, o bronze no Grand Prix, em 2013. No entanto, Guidetti fracassou na tarefa de classificar a seleção para a disputa das últimas duas olimpíadas. A partir de agora, os dirigentes alemães já começam a procurar um novo técnico para o cargo já que, neste ano, a Alemanha disputa os Jogos Europeus, Grand Prix e Campeonato Europeu.



Estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro e apaixonado por esportes.