Conheça a emocionante história de Jimmy Butler, jogador do Chicago Bulls

Jimmy Butler entregando a sua camisa para sua "nova mãe" Michele Lambert

Jimmy Butler vive seu melhor momento na NBA, sendo até cotado para ser o MVP nesse ano. Mas tudo isso que está acontecendo poderia não passar de um sonho na vida de Butler. Pois tudo começou quando ele era um bebê e seu pai abandonou a família, mas piorou quando ele tinha 13 anos e sua mãe o explusou de casa pois ele tinha o olhar igual ao de seu pai que havia abandonado a família. As ultimas palavras da mãe de Butler para ele foram: “Eu não gosto do seu olhar. Você tem que ir. “

LEIA MAIS
Top 5: Os melhores arremessadores de três da NBA na atual temporada
Top 5: Os Candidatos da MVP da NBA até o momento

Butler sem lar, acabaria morando em casas de amigos, mas tinha que mudar de tempos em tempos na cidade de Tomball no estado do Texas. Ele fazia tudo o que era possivel para sobreviver , e a partir desse momento o basquete começou a fazer a diferença para ele, que tinha grandes atuações no colegial chamando atenção de muitos treinadores. Mas foi um colega que o acompanhava que realmente fez a diferença, o nome do colega era Jordan Leslie. Leslie e Butler se aproximaram e pouco a pouco Butler começou a fazer parte da familia de Leslie. A Mãe de Leslie, Michelle Lambert abriu seu coração e sua casa para receber Butler no seu ultimo ano de escola.

Quando tudo parecia se caminhar bem, Butler não conseguiu uma bola de estudos nas grandes faculdades, e optou por não desistir se matriculando em uma faculdade local. Nesta faculdade local teve grande momento, e somente no segundo ano de faculdade ele recebeu bolsas de estudos de grandes faculdade como Marquette a que ele escolheu. Não pelo basquete, mas pelo registro acadêmico da faculdade seguindo as orientações da “nova  mãe” Michelle Lambert (foto), que falou se caso ele não fosse jogador profissinal ele teria um bom emprego.

A partir daí as coisas melhoram de vez para Butler, melhorando a cada ano na Universidade de Marquette e isso fez que ele participasse do Draft de 2011 da NBA e sendo escolhido na 30ª posição na 1ª rodada. Daí para frente sabemos seus feitos pela liga e alguns feitos pessoais de Butler. Grande história, que servirá de inspiração para muitos (me incluo nisso) para perseguir seus sonhos.

 



Radialista, comentarista no programa Gus in USA na Rádio EsportesNET. Apaixonado por Esportes Americanos, principalmente o futebol americano (NFL e College Football). Torcedor do Washington Redskins e do Tennessee Volunteers.