Catari vence pela quinta vez e segue na liderança do Dakar

O catari Nasser Al-Attiyah e o francês Matthieu Baumel seguem a passos largos para a conquista do título do Rally Dakar 2015. Pela quinta vez em onze estágios a dupla da Mini saiu como vencedora, desta vez sendo a mais rápida no trecho de 194 quilômetros entre as cidades de Salta e Termas de Rio Hondo, na Argentina, percorrido na última quinta-feira (15) em 1h53min10s.

LEIA MAIS:
Piloto do Dakar achou que ia morrer e gravou mensagem de despedida
A história do Rally Dakar, o mais desafiador do planeta

O piloto catari comparou a especial, uma das mais curtas desta edição do Dakar, as etapas do Mundial de Cross Country, principal competição da modalidade. “Estou muito feliz hoje por ter completado e vencido a etapa, pois tivemos que abrir a especial. Foram 194 quilômetros de trechos rápidos, como o Mundial de Rally Cross Country”, conta Al-Attiyah, piloto vencedor do Dakar em 2011.

A segunda colocação do dia ficou com os argentinos Orlando Terranova e Bernardo Graue, que chegaram 27 segundos atrás dos vencedores da especial. Giniel de Villiers e Dirk Von Zitzewitz, principais concorrentes de Al-Attiyah e Baumel na disputa pelo título deste ano, ficaram com a terceira colocação, seguidos por Benediktas Vanagas e Andrei Rudnitski e Vladimir Vasilyev e Konstantin Zhiltsov, duplas quarta e quinta colocadas.

Yazeed Alrajhi e Timo Gottschalk, única dupla a desbancar as equipes que correm com Mini neste ano, abandonaram o Dakar. O saudita, que fez sua estreia no principal rali do mundo, foi obrigado a deixar a disputa logo nos quilômetros iniciais da especial, em decorrência a problemas mecânicos. Até a etapa desta quinta-feira, o duo da Toyota aparecia na terceira colocação geral da prova.

Único brasileiro ainda na disputa do Dakar entre os carros, o navegador Eduardo Sachs e o piloto português Ricardo Leal completaram o trecho cronometrado em 1h58min48s, resultado que colocou a dupla da Nissan na 21ª posição do dia.

Após onze etapas, Al-Attiyah e Baumel seguem na liderança, com 37h12min47s, 29 minutos a frente de Giniel de Villiers e Dirk Von Zitzewitz, segundos colocados do Dakar. O polonês Krzysztof Holowczyc e o francês Xavier Panseri são os terceiros melhores, enquanto Ricardo Leal e Eduardo Sachs subiram para a 25ª colocação.

Nesta sexta-feira (16), o Dakar deixa Termas de Rio Hondo em direção à cidade de Rosário, em um trecho total de 546 quilômetros, sendo 298 deles cronometrados.

Resultados (extraoficiais) – 11ª etapa do Dakar – Carros

1º Nasser Al-Attiyah (QAT) / Matthieu Baumel (FRA) #301 (Mini) 1h53min10s
2º Orlando Terranova (ARG) / Bernardo Graue (ARG) #305 (Mini) +27s
3º Giniel de Villiers (RSA) / Dirk Von Zitzewitz (ALE) #303 (Toyota) +39s
4º Benediktas Vanagas (LTU) / Andrei Rudnitski (BLR) #339 (Toyota) +40s
5º Vladimir Vasilyev (RUS) / Konstantin Zhiltsov (RUS) #310 (Mini) +1min16s
21º Ricardo Leal (POR) / Eduardo Sachs (BRA) #360 (Nissan) +5min38s

Resultados (extraoficiais) – Classificação geral do Dakar após 11 etapas – Carros

1º Nasser Al-Attiyah (QAT) / Matthieu Baumel (FRA) #301 (Mini) 37h12min47s
2º Giniel de Villiers (RSA) / Dirk Von Zitzewitz (ALE) #303 (Toyota) +29min01s
3º Krzysztof Holowczyc (POL) / Xavier Panseri (FRA) #307 (Mini) +1h28min49s
4º Eric Van Loon (HOL)/ Wouter Rosegaar (HOL) #314 (Mini) +2h54min09s
5º Christian Lavieille (FRA) / Pascal Maimon (FRA) #309 (Toyota) +3h04min21s
25º Ricardo Leal (POR) / Eduardo Sachs (BRA) #360 (Nissan) +11h17min49s

Foto: Flavien Duhamel/Red Bull



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.