Atlético perde maior zagueiro artilheiro, mas companheiro pode alcançar posto

zagueiros
Getty Images

A transferência de Réver para o Internacional encerrou o ciclo do atleta no Atlético-MG. O defensor deixa o clube com o posto de maior zagueiro artilheiro da história, tendo superado o lendário Luizinho, considerado um dos melhores defensores da história atleticana.

Réver marcou 22 gols com a camisa atleticana em cinco temporadas e conseguiu superar Luizinho, que marcou um tento a menos na década de 80.

Leia mais:
Mercado da bola: Atlético-MG libera e Internacional acerta contratação do zagueiro Réver

Sem Réver, o Atlético já trabalha para contar um novo goleador máximo na sua história. O parceiro, Leonardo SIlva, está próximo de alcançar a meta, já que soma 18 gols com a camisa atleticana.

Se Leonardo Silva repetir a média de gols da temporada passada, agora em 2015 já irá se aproximar de Réver e igualar Luizinho. Foram três gols em 51 jogos em 2014, que colocaria o atleta na casa dos 21 tentos.

Réver já viajou para Porto Alegre na manhã desta quarta-feira, onde fará exames médicos e será apresentado como novo reforço do Internacional no período da tarde.

No Inter, Réver chega para ser o homem da defesa e titular absoluto. Ele receberá salário igual ao que acertou com o Atlético, clube que tem contrato até 2018.

O Internacional comprará os 50% dos direitos econômicos do defensor junto ao Wolfsburg. O Atlético, por sua vez, terá uma compensação pela liberação de Réver, recebendo um valor estipulado em 20% da negociação, como vitrine, já que o defensor tinha contrato com o time mineiro até 2018.



Jornalista, foi repórter do UOL Esporte por sete anos, nos últimos quatro, como setorista do Atlético-MG. Cobriu também Cruzeiro, vôlei, UFC, natação. Formado pela Newton Paiva, é colaborador em Belo Horizonte do Torcedores.com