Após 2 semanas de treinos, Breno sofre lesão muscular

Rubens Chiri / www.saopaulofc.net

Após ficar preso na Alemanha e sem atuar por quase três anos, Breno se reapresentou ao São Paulo no dia 05 de janeiro para exames e início de treinos físicos, mas logo na segunda semana o zagueiro sofreu uma lesão muscular na coxa, o que irá lhe causar uma parada de cerca de um mês.

LEIA MAIS
Palmeiras deu outro chapéu no São Paulo ao contratar Kelvin, diz blog
Diretor do Palmeiras descarta chegada de atacante, que deve acertar com o São Paulo

Buscando readquirir o preparo físico e a retomar o tempo de bola, Breno vinha participando de atividades normais junto com os colegas de grupo, como por exemplo o treino de impulsão, cujo foi um dos principais destaques, mas no fim da tarde dessa terça-feira o zagueiro sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda e ficará por volta de um mês se recuperando, no Reffis do CT da Barra Funda.

A lesão muscular não preocupa os médicos do clube, já que defensor não tinha data prevista para estrear, tanto é que o São Paulo nem o inscreveu para a primeira fase da Libertadores, disputada entre 18 de fevereiro à 22 de abril. O primeiro passo do clube esta sendo inseri-lo novamente na rotina de um atleta profissional.

Muricy Ramalho inclusive já havia pedido calma com o jogador, prevendo que seria necessário cerca de 3 meses de trabalho intenso para Breno ser aproveitado na equipe principal e hoje o treinador novamente pediu ‘cuidado’: “A gente não pode ter pressa com ele. Temos que ter cuidado, dar suporte, e aguardar um retorno dele, que vem naturalmente. Esta primeira fase é mais complicada, pois faz muito tempo que ele não treinava assim”, falou, em entrevista publicada no site do clube.

Apesar do setor defensivo tricolor ser apontado como a parte do time mais vulnerável o clube ainda não contratou nenhum zagueiro, além de Breno. Paulo André (31), ex- Corinthians, teria sido oferecido, mas não empolgou a diretoria pela idade superior a 30 anos. No plantel os zagueiros são: Rafael Tolói, Edson Silva, Paulo Miranda, Antônio Carlos e Lucão.

Crédito da foto: Rubens Chiri / www.saopaulofc.net



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.