Walter dispara contra Cristóvão Borges: “Se eu falar, vou falar m…”

O atacante Walter foi questionado após o empate do Fluminense por 0 a 0 contra o Atlético-MG por que não vem entrando nos jogos do time. Incomodado por ter sido preterido por Cristóvão Borges, o jogador disparou ao repórter Rafael Araújo, da Rádio Brasil: “Se eu falar, vou falar m…”.

LEIA MAIS: Mercado: Palmeiras negocia com 3 jogadores do Fluminense para 2015

Esse fato só comprova a visível irritação do jogador com as escolhas de Cristóvão. Contratado no início do ano à pedido do então técnico Renato Gaúcho, Waltinho, como foi apelidado, chegou ao Tricolor Carioca bastante acima do peso. Submetido a uma dieta rigorosa, o atacante abandonou os biscoitos de chocolate e os refrigerantes, entrou em forma e começou a ganhar chances no ataque ao lado de Fred.

A eliminação no Campeonato Carioca e a queda de R. Gaúcho, puseram fim ao seu bom momento. Colocado no banco de reserva com a chegada de Cristóvão, Walter só passou a ter chances no segundo tempo e nas ausências de Fred. Até antes da Copa do Mundo ter início, o jogador gozava de bastante simpatia perante o seu comandante, mas após o Mundial parece estar esquecido.

A partida contra o Galo foi mais uma demonstração desse ostracismo. Sem criatividade, o Fluminense não conseguiu vazar a meta do goleiro Victor. Precisando mexer na equipe, Cristóvão trocou o volante Edson pelo atacante Kennedy e foi bastante criticado. Como se não bastasse isso, o treinador terminou o duelo sem realizar sua última substituição, deixando Walter e Rafael Sóbis fora do jogo.

Em entrevista coletiva, o treinador do Flu foi indagado a esse respeito e assim justificou:

“O Atlético estava inteiro no campo de defesa, os espaços foram menores. Tentamos pelas laterais para que eles abrissem um pouco. Por isso as mudanças. A última substituição não foi feita, pois estávamos mais abertos. Qualquer outra alteração facilitaria para o Atlético-MG – justificou o técnico do Fluminense.”, afirmou Cristóvão Borges.

Foto: Getty Images