Todo remendado, Cruzeiro vai a Natal em busca da vaga na Copa do Brasil

Getty Images

A Arena das Dunas receberá nesta quarta-feira o melhor time de futebol que pisou em seu gramado desde o fim da Copa do Mundo: Cruzeiro é o nome dele. A equipe mineira medirá forças com o ABC-RN, no jogo de volta válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, e precisa de apenas um empate para passar às semis.

Com a vantagem de 1 a 0, conquistada no jogo de ida em Belo Horizonte, há duas semanas, o time comandado por Marcelo Oliveira irá ao tapete verde cheio de mudanças. As primeiras delas (e principais) são as ausências de Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart, sendo que o primeiro ainda está voltando dos amistosos que fez com a seleção brasileira e o segundo encontra-se machucado.

Já as demais modificações são na lateral-direita e no meio-campo, onde Mayke e Lucas Silva, respectivamente, serão poupados. O atacante Marcelo Moreno deve ter o mesmo destino, uma vez que alega cansaço físico e está com um pequeno corte na boca.

Levemente desprestigiado devido as duas derrotas consecutivas que sofreu no Brasileirão, o Cruzeiro espera matar dois coelhos numa cajadada só essa noite, em Natal: garantir a continuidade na competição, que espera sair campeão para no fim do ano, caso confirme o título do Brasileiro, consagrar mais uma vez a Tríplice Coroa e retomar o respeito no futebol nacional, uma vez que apesar dos acontecimentos recentes, a Raposa ainda é o bicho-papão da nossa fauna em 2014.

Para tanto, o ABC-RN vai precisar correr muito, como há muito não se vê. Afinal, se tem uma coisa que o Cruzeiro tem de sobra, é qualidade. E sangue no olho.

Ficha técnica – ABC-RN x Cruzeiro

Copa do Brasil – Quartas de final – Jogo de volta

Arena das Dunas, em Natal-RN – 22 horas

ABC-RN: Gilvan; Madson, Suéliton, Marlon e Samuel; Fábio Bahia, Daniel Amora, Somália e Patrick; João Henrique e Rodrigo Silva. Técnico: Moacir Júnior

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Dedé, Manoel e Egídio; Willian Farias, Nilton, Henrique e Alisson; Willian e Borges. Técnico: Marcelo Oliveira

 



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...