Se não fechar com o Fluminense, Unimed estuda patrocinar outros times em 2015

A Unimed, empresa que há mais de uma década patrocina o Fluminense, ainda não se acertou oficialmente com o clube carioca e, pelo menos em tese, pode buscar outra camisa para vincular sua marca.

LEIA MAIS:

Como a dependência da Unimed atrapalha o Fluminense?

Mercado: Palmeiras negocia com 3 jogadores do Fluminense para 2015

Dentro do Fluminense, parte do grupo político que sustenta o presidente Peter Siemsen contesta veementemente a maneira como a relação entre o clube e empresa ocorre. Isso já provocou inúmeros desgastes nas Laranjeiras e volta e meia apontam para o rompimento do acordo.

No entanto, em parte, o modelo atual agrada os dois lados. Com a obrigação de investir no mínimo 20 milhões anuais no direito de imagens de jogadores da sua escolha, a Unimed consegue com essa fórmula garantir a exposição de sua marca por tempo suficiente ao ponto de superar o valor investido. O Fluminense, por sua vez, consegue com o dinheiro montar equipes tecnicamente capazes de alcançar bons resultados como visto nos últimos anos.

Mas nem tudo dura para sempre e essa relação vem exigindo alguns ajustes. Do lado Tricolor, o fato de o clube não ter alcançado nenhum título internacional é sempre motivo de contestação, bem como pela Unimed para quem a consolidação da marca no cenário regional não foi acompanhada do crescimento em âmbito nacional e internacional.

Além disso, nem sempre o limite de R$ 20 milhões anuais é cumprido, sendo o comum que tal valor seja maior sem que haja um resultado satisfatória para a companhia. O próprio clube se vê, com isso, comprometido a aceitar atletas que nem sempre agradam ao treinador ou mesmo atendam as necessidades imediatas da equipe.

É por essas e outras que o acordo entre Fluminense e Unimed ainda não foi fechado e já há uma movimentação silenciosa em busca de outras equipes. O Vasco aparece como um possível novo parceiro, por causa das dificuldades financeiras enfrentadas pelo time de São Januário e pela aproximação entre o candidato à presidência do clube Roberto Monteiro e Abdu Kexfe, vice-presidente da Unimed-Rio e sócio remido vascaíno.

Foto: Getty Images