Robinho faz a diferença e Santos vence o Flamengo no Maracanã

Flamengo e Santos fizeram um jogado repleto de expectativas no Maracanã, mas que na prática foi bem abaixo do esperado e terminou com a vitória do time paulista em uma das poucas jogadas de inspiração da partida. Robinho, sempre ele, decidiu a favor do time da Vila Belmiro.

Leia mais: Torcidas organizadas de times rivais também são amigas; entenda

Robinho aparece bem e resolve o jogo

O Flamengo começou o jogo preso. Com poucas opções de ataque, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo se via limitado às investidas pelo lado esquerdo com Everton e João Paulo. Do lado do Peixe, as tentativas de entrar pelo meio não surtiam efeito.

Aos 24, Geuvânio fez linda jogada pelo lado direito sobre João Paulo, invadiu a área e serviu Robinho, sozinho, para chutar forte e abir o placar.

Atrás no placar, o Flamengo tentou sair para o jogo, mas a falta de criatividade atrapalhava. Com Everton e Gabriel caindo pelos flancos, a equipe rubro-negra se limitava a buscar jogadas de linha de fundo para Alecsandro, porém, só isso não foi suficiente para ameaçar a equipe santista. Aos 45, aliás, o Santos quase ampliou o placar em cabeçada de Alan Santos após cruzamento de Geuvânio.

Sem criatividade, Fla não consegue mudar o placar

Para a etapa final, o Flamengo não mudou o repertório e fez das jogadas aéreas a sua única arma. Aos 6, L. Moura fez bom cruzamento para Gabriel que cabeceou para fora, mas parou por aí. Por quase vinte minutos o Fla não assustou o Santos e, quando voltou a fazê-lo, foi em cobrança de falta de Chicão que Vladimir defendeu.

Assim, a torcida rubro-negra não pode sair feliz do Maracanã. No dia em que L. Moura completou 500 jogos pelo Flamengo, o time exagerou nas jogadas de linha de fundo e foi vencido pelo Santos.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 SANTOS

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 4/10/2014 – 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves da Silva (BA)
Auxiliares: Alessandro da Rocha e Luiz Teixeira (BA)
Público/renda:  37.204 pagantes/ R$ 1.340.195,00
Cartões amarelos: Cáceres, Canteros, Everton (Flamengo); Alison (Santos)

GOLS: Robinho (aos 23’/1ºT)

FLAMENGO: Paulo Victor, Léo Moura, Chicão, Samir, João Paulo; Cáceres (Luiz Antonio 13’/2°T), Márcio Araújo, Canteros (Elton 34’/2°T), Everton; Gabriel (Eduardo da Silva 17’/2°T) e Alecsandro. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

SANTOS: Vladimir, Cicinho, Edu Dracena, David Braz, Mena; Alison, Arouca, Alan Santos, Geuvânio (Patito Rodriguez 43’/2°T); Gabriel (Rildo 23’/2°T) e Robinho ( Neto 47’/2°T). Técnico: Enderson Moreira.