Quem foi melhor: Garrincha ou Maradona?

Garrincha e Maradona têm muitas características em comum. Ambos foram geniais dentro das quatro linhas e, fora dela, passaram por problemas gravíssimos. O Gênio das Pernas Tortas se notabilizou por entortar seus adversários, normalmente apelidados de João, enquanto El Pibe também fazia o que queria perante aqueles que ousavam tentar roubar-lhe a bola.

Para os argentinos, não há dúvida: Maradona foi o maior. Nós, brasileiros, por outro lado, temos em Pelé o título de Rei do Futebol e, consequentemente, Garrincha vem logo abaixo dele. No entanto, em escala mundial, qual a colocação de Garrincha e Maradona? Quem dos dois foi melhor ao ponto de ficar com o título de o segundo maior jogador da história?

LEIA MAIS:

10 coisas que você precisa saber sobre Pelé

Lahm confirma que a Alemanha não quis humilhar o Brasil na Copa

Garrincha foi considerado o mais habilidoso jogador que já existiu em todos os tempos, pois sua capacidade de driblar e envolver seus adversários era impressionante. Pelo Brasil perdeu apenas uma das 61 partidas que fez com a camisa da Seleção. Em 1998, foi escolhido para a seleção de todos os tempos da FIFA, em eleição que contou com votos de jornalistas do mundo inteiro. Atuando a maior parte de sua vida como jogador pelo Botafogo, ele marcou em sua carreira aproximadamente 290 gols em mais de 700 jogos.

Maradona, no entanto, tem números melhores. Ele marcou 359 vezes em mais de 700 oportunidades, além de ter conquistado mais títulos importantes. Em termos de Copa do Mundo, Garrincha venceu duas contra uma do argentino, mas por clubes Don Diego tem mais conquistas.

Apesar disso, o quantitativo de troféus está longe de ser o principal diferencial entre esses dois gênios. Talentos como os de Garrincha e Maradona fogem à lógica do futebol, uma vez que dentro de campo ambos foram imprevisíveis. Para aqueles que não viram Garrincha jogar (como eu), ler os relatos de seus jogos e da frequente alusão para a execução perfeita de um mesmo drible pode parecer estranho, mas é daí que se vê a genialidade de um jogador que só não foi maior porque suas escolhas na vida não o levaram para isso.

Entre Garrincha e Maradona, o maior ponta direita de todos os tempos é superior. Não só pelo que fez ou deixou de fazer, mas principalmente por representar o futebol em sua plenitude, isto é, gols são importantes, mas golaços e dribles desconcertantes também e ninguém no mundo os executou melhor do que o Anjo das Pernas Tortas.

Imagem: Getty Imagens