Prass cobra responsabilidade de Valdivia como capitão do Palmeiras

Fernando Prass
Getty Images

Antes de se contundir e ficar um longo período afastado dos gramados, ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, Fernando Prass já havia sido capitão do Palmeiras. Em seu retorno ao time titular, o goleiro viu o técnico Dorival Junior passar a braçadeira ao chileno Valdivia.

Em entrevista coletiva para a imprensa na última sexta-feira, Prass falou sobre a importância e a responsabilidade esperada do camisa 10 ao assumir o posto de capitão do Palmeiras. “O Valdivia tem sua liderança e não é a faixa que muda, mas é uma simbologia”, explicou o goleiro.

Para o camisa 25 alviverde, a confiança do técnico ao delegar a função ao chileno vem com a esperança de uma mudança de atitude. “É bom dar uma responsabilidade a mais para o jogador. É como você com um filho, você fala ‘pode fazer o que quiser, mas você responde pelos seus atos’, de repente é para ele ter um pouquinho da noção da importância que ele tem não só para o time, mas para o clube”, cobrou o goleiro.

Com 31 pontos e ocupando a 13ª posição da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebe o Grêmio no Pacaembu, às 21h deste sábado.

LEIA TAMBÉM
Jogadores do Palmeiras convocam torcida para sequência de ‘decisões’

Foto: Getty Images



Flávio Moreira é jornalista especializado em mídias sociais. Com passagens por UOL e Electronic Arts, é apaixonado por esporte e acredita na produção de conteúdo feito de torcedor para torcedor.