Palmeiras vive, mas Botafogo agoniza!

Henrique

O Botafogo recebeu o Palmeiras no Maracanã, mas o fato de jogar em casa não foi suficiente para dar forças ao Glorioso. Sem o apoio maciço da torcida, o time carioca não se sentiu à vontade dentro dos seus domínios e a torcida palmeirense, mesmo em menor número, fez barulho.

Leia mais: Botafogo x Palmeiras: Veja o gol de Henrique

Com a bola rolando, o jogo começou amarrado, pois as duas equipes se ressentiam de qualidade e coragem. O Botafogo resolveu parte disso quando trocou Fabiano, lesionado, por Carlos Alberto, porém, ainda assim não foi capaz de alterar o placar. O Palmeiras, por sua vez, tinha em Valdivia a principal válvula de escape que ameaça frequentemente a defesa alvinegra.

Sem grandes chances para ambos os lados, o primeiro tempo terminou sem gols.

Na segunda etapa, Valdivia e Henrique, os pilares da recuperação do Verdão, fizeram a diferença. O camisa 10 fez grande jogada aos quatro minutos pela esquerda, passou por Régis e Matheus com facilidade, e serviu Henrique. O artilheiro palmeirense dominou a bola e bateu forte, sem chances para Hélton Leite.

O gol livrou o Palmeiras da zona de rebaixamento e colocou o Botafogo na lanterna da competição. Mais do que o resultado em campo, a vitória do time de Dorival Junior dá uma nova vida à equipe. Se há três partidas o Palmeiras vinha de uma vexatória derrota por 6 a 0 para o Goiás, hoje a equipe vem de três vitórias consecutivas que marcam o bom momento e apontam para a fuga da zona de confusão.

Para o Botafogo, no entanto, o segundo resultado negativo consecutivo após a demissão de Sheik, Edilson, Bolivar e Júlio César mostra como o time está sem forças para sair dessa situação. Com dificuldades técnicas, táticas e administrativas, o Glorioso assume a última colocação do Campeonato Brasileiro sem indicar condições de sair,

O Palmeiras vive, mas o Botafogo agoniza!

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 1 PALMEIRAS

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 8/10/2014 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabricio Neves Correa (RS)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)
Renda e público: R$ 218.760,00 / 9.122 pagantes / 10.200 presentes
Cartões amarelos: Matheus, Carlos Alberto (BOT); Marcelo Oliveira, Juninho, Valdivia (PAL)
Gols: Henrique 4’/2ºT (0-1)

BOTAFOGO: Helton Leite; Régis, Matheus, André Bahia e Junior Cesar; Airton (Wallyson 15’/2ºT), Gabriel, Fabiano (Carlos Alberto 31’/1ºT) e Ramírez; Rogério e Zeballos (Yuri Mamute 30’/2ºT) – Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Tobio e Juninho; Marcelo Oliveira, Victor Luis, Wesley (Washington 41’/2ºT) e Valdivia; Cristaldo (Leandro – intervalo) e Henrique (Allione 32’/2ºT) – Técnico: Dorival Júnior.