Opinião: disputa mais legal recentemente na F1 fica em segundo plano

Reprodução

A Fórmula 1 teve uma temporada muito monótona em 2013, quando Vettel dominou completamente o campeonato e venceu as últimas nove corridas do ano, chegando a um número impressionante de 13 triunfos no total. Este ano, tudo novo, domínio da Mercedes, mas uma disputa intensa e muito legal entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton. No entanto, a F1 não consegue mais aproveitar esse duelo em meio ao clima de medo e tristeza com o acidente de Jules Bianchi.

LEIA MAIS
Clima de preocupação com segurança ofusca estreia da Rússia na F1

Não dá mais para ficar ansioso pelo GP da Rússia, como fazíamos nas corridas anteriores, para saber o que seria da briga das Mercedes. Agora, a F1 vai assistir à corrida deste domingo com o pensamento dividido entre o que acontece na pista e a apreensão com o estado de Bianchi. Não bastasse ser 2014 o ano em que os fãs de automobilismo passaram até agora todos os dias pensando positivamente pela recuperação de Michael Schumacher pelo acidente de esqui sofrido em dezembro passado.

Em vez de discutir o favoritismo dos carros prateados, ou quem poderia alcançar o feito de tirar a equipe alemã do topo, como o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, fez duas vezes, a Fórmula 1 concentra seus debates na implantação ou não da proteção ao cockpit. Uma discussão que certamente não agradará aos mais tradicionalistas, mas pode ser impulsionada pelo caso de Bianchi.

Até mesmo os bastidores, que ferveram no último GP do Japão antes do acidente com as saídas de Sebastian Vettel e Fernando Alonso de suas equipes, agora estão com menos espaço. A segurança tomou conta da pauta deste fim de semana, espero que dirigentes e organizadores encontrem o mais rápido possível a solução para colocar menos em risco as vidas dos pilotos.

Em uma hora tão difícil quanto essa, a competição tem realmente que ficar em segundo plano diante de vidas humanas. Que a Fórmula 1 volte logo a viver dias melhores, porque está muito difícil reviver a era do medo.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.