Luxemburgo: “Nós prostituímos o futebol brasileiro”

O técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo concedeu uma entrevista no programa ‘Bem, Amigos’, da Sportv que rendeu diversos assuntos. Entre eles: a situação do time carioca no Brasileirão e a perda de filosofia do futebol pentacampeão mundial.

LEIA MAIS:
Opinião: Luxemburgo transformou o fraco Flamengo em competitivo

Segundo o comandante do Flamengo, quando ele assumiu o Rubro-Negro, encontrou um time sem identidade e que precisou mudar a mentalidade dos jogadores para conseguir alguns resultados imediatos.

“Nós tentamos mostrar qual era a proposta do Flamengo, que era sair da zona de rebaixamento. A gente precisava envolver o elenco com a torcida para sair daquela situação e criamos uma identidade para escapar do Z-4”.

Apesar do bom começo de trabalho, o time caiu de produção no segundo turno e conquistou apenas cinco pontos em sete rodadas. E o técnico já identificou o motivo da queda.

“Nós começamos a evoluir tecnicamente com as vitórias, mas a empolgação nos deixou com uma marcação mais frouxa. Com isso, as equipes começaram a achar mais espaço em nosso sistema defensivo e começamos a perder pontos importantes”.

O treinador, que já dirigiu a seleção brasileira no final dos anos 90, também comentou sobre o retrocesso na forma de enxergar o futebol.

“Em 1970, quando o Brasil foi campeão mundial, a nossa equipe marcava e o time era compacto, muito parecido com o que a Europa faz. Nós prostituímos o nosso futebol a medida que tiramos os jogadores de qualidade e começamos a encher nossos times de atletas com pouca qualidade para promover o futebol de resultado. Perdemos a nossa filosofia de jogo”, concluiu.

Crédito da foto: Getty Images



Sou formado pela FMU e minha última passagem no mundo esportivo foi no site Universo dos SPorts. No começo da carreira trabalhei como apresentador no programa "Olé" da ALLTV. Agora assumo a responsabilidade de produzir matérias para o site "torcedores.com". Sou apaixonado por esportes e respiro futebol e NFL 24 horas por dia.