Indian Super League: a Índia abre suas portas para o futebol

Começou neste domingo (12) o Campeonato Nacional de Futebol na Índia, chamado de Indian Super League no estádio Salt Lake, em Kolkata, com capacidade para 120 mil espectadores.

LEIA MAIS
Mercado da Bola: Elano acerta transferência para clube indiano

Contando com oito times, financiados por seus jovens donos, o campeonato trouxe para sua primeira edição grandes estrelas do futebol mundial, nomes já consagrados como Robert Pires e Fredik Ljungberg, ex-jogadores do Arsenal e o famosíssimo Alessandro Del Piero estão nos destaques do torneio. Além deles, Luis García, Elano e André Santos foram “convocados” para desenvolver o futebol na terra em que o críquete é o esporte mais popular.

Os reforços não estão apenas dentro de campo. Zico e Marco Materazzi (isso mesmo, ele  foram contratados para comandar o FC Goa e o Chennaiyin FC, respectivamente.  Além disso, a grande campanha de divulgação do torneio no país parece estar rendendo frutos, com o auxílio de grandes estrelas da grande indústria de cinema indiano, a chamada “Bollywood” (em referência à Hollywood nos EUA).

Todos ingredientes de uma receita que promete e muito dar certo. Só no primeiro jogo o estádio Saltlake, em Kolkata, que possui capacidade para 120 mil espectadores (isso mesmo, 120 mil), teve um público de fazer inveja ao nosso campeonato nacional, recebendo 70 mil pessoas em clima de total festa.

Atlético de Kolkata e Mumbai City ficaram responsáveis por inaugurar a competição, num jogo em que os donos da casa, comandados pelo espanhol Luis Garcia (ex-Liverpool), fizeram bonito. O placar de 3 a 0 com direito a um golaço do também espanhol Borja Fernandez marcou um belo primeiro passo da equipe que tem parceria com o Atlético de Madrid (Por isso nome e cores parecidos).

Em meio a grandes acontecimentos, um jogador deverá ter uma lembrança especial desse jogo: o atacante etíope Fikru Lemessa. Foi dele o primeiro gol da história da competição, tocando na saída do goleiro do Mumbai City. Vale ressaltar também que nessa estreia, os dois destaques do Mumbai City não puderam jogar: Fredrik Ljungberg e Nicolas Anelka.

Além do Atlético de Kolkata, Mumbai City, FC Goa e Chennaiyin FC, a competição também conta com o NorthEast United, clube do espanhol campeão do mundo em 2010 Capdevila, e que venceu hoje o Kerala Blasters por 1 a 0, o próprio Kerala, que tem o experientíssimo goleiro inglês David James, que jogou no Manchester City e Liverpool. Também o Delhi Dinamos, com Alessandro Del Piero, e por fim o Pune City, que conta com o atacante francês David Trezeguet e o meia grego campeão em 2004, Katsouranis.

O jogo entre o Atlético e o Mumbai foi apenas o começo do grande passo dado pelo país asiático, que viu no futebol a chance de aparecer como uma nova potência em seu continente, assim como o Japão o fez. O convite já está feito, a Índia abre suas portas para o futebol, e chama a todos os amantes do esporte a acompanharem esse novo campeonato, a Indian Super League.



Estudante de Jornalismo na UFPE, fã de esportes, apaixonado por futebol mas também rugby e futebol americano.