Há 40 anos, Pelé fazia seu último jogo pelo Santos; relembre

O último jogo de Pelé pelo Santos aconteceu há 40 anos. Foi diante da Ponte Preta, na Vila Belmiro, que o Rei do Futebol fez sua apresentação final com a camisa do Peixe.

Leia mais: 8 gols que Pelé não fez, mas que alguém já fez por ele; confira

No Campeonato Paulista de 1974, o Santos não vinha fazendo uma boa campanha e, no meio da tabela, já não vislumbrava condições de conquistar o título. Naquele torneio, Pelé havia disputado dez partidas, mas com apenas dois gols marcados vinha tendo atuações que já indicavam que o fim estava próximo.

No domingo anterior, no Pacaembu, o Atleta do Século deixou o gramado com trinta e dois minutos de bola rolando por não aguentar mais jogar. Três dias depois, porém, lá estava ele na Vila Mais Famosa do Mundo para a despedida.

Torcedores e jornalistas do mundo inteiro foram à Baixada Santista para ver aquele Santos x Ponte Preta. Não era um jogo qualquer, mas o último ato de um jogador que foi melhor do que qualquer outro. Pelé, pela última vez como jogador profissional do Santos, subiu ao gramado ovacionado.

Com a bola rolando, todos os olhares se dirigiam a ele que quase marcou um gol de cabeça, mas Carlos, que defenderia a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1986, impediu. Aos 23 minutos, no entanto, aconteceu o que todos sabiam, mas o que ninguém queria.

Pelé, sem mais condições de jogar, pediu a bola, se dirigiu ao centro do campo e, diante dos seus súditos, se ajoelhou. Chorando, o Rei agradeceu aos céus pela carreira inigualável que jamais será possível ver igual. A multidão só pode aplaudir e se emocionar com aquele momento.

Em aproximadamente cinco minutos, Pelé deu a volta olímpica na Vila Belmiro e desceu para o vestiário, deixando para trás um legado que mudou a sua história, a história do Santos e do futebol.