Em 2013, Aidar já criticava Luis Fabiano: “desequilibrado mental”

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, não é um dos fãs de Luis Fabiano. O atacante foi expulso novamente nesta terça-feira diante do Huachipato. Aidar multou o jogador com 30% do salário e, de quebra, o mandou para psicologia.

O atual mandatário tricolor já havia exposto toda sua indignação com Luís Fabiano em janeiro de 2013, em entrevista ao São Paulo FC Digital, com colocações como essa: “pisou na bola novamente, tem um comportamento irresponsável, continua um desequilibrado mental e é um descontrolado”. O atacante também havia sido expulso na vitória tricolor contra o Bolívar por 5 a 0 na Pré-Libertadores.

No começo da entrevista, Aidar, que não era presidente do São Paulo, elogiou o zagueiro Lúcio, prevendo grande futuro do jogador no São Paulo.

Porém, a previsão não se confirmou, e também como Luís Fabiano o zagueiro perdeu crédito com a torcida após uma expulsão nas oitavas de finais da Libertadores, contra o Atlético Mineiro, no Morumbi.

Confira trechos da entrevista:

Aidar sonha em se desfazer de Luis Fabiano e Ademílson em 2015, principalmente se conseguir manter Alexandre Pato. A dupla de ataque ideal para o presidente seria Pato e Alan Kardec.



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.