Cristóvão mexe mal e Fluminense empata com o Bahia

Getty Images

Fluminense e Bahia se enfrentaram no Mané Garrincha, em Brasília. O time carioca abriu o placar com Fred, no primeiro tempo, mas, após recuo estratégico do técnico Cristóvão Borges, o Tricolor de Aço empatou com Marcos Aurélio e deixou o Flu fora do G-4 mais uma vez.

Leia mais: Veja do que o Fluminense precisa para chegar ao G-4

Fred abre o placar

O fato de jogar em Brasília não fez muita diferença para o Fluminense que, jogando de forma compacta como faz em toda partida, controlou a partida na maior parte do tempo. O Bahia, por sua vez, tentou se valer da velocidade de Willian Barbio para furar a defesa tricolor, mas não foi feliz.

Aos 21, Wagner foi a linha de fundo e fez cruzamento perfeito para Fred, de cabeça, abir o placar. Quatro minutos depois, o camisa 9 teria outra chance, mas não conseguiu vencer Marcelo Lomba.

O placar negativo não fez o Tricolor de Aço mudar seu estilo. Assim, demorou, mas a primeira chance clara de gol saiu aos 34, com W. Barbio, que ganhou na velocidade da defesa do Flu, driblou Bruno e bateu forte para boa defesa de Diego Cavalieri.

Marcos Aurélio sai do banco e empata

No segundo tempo, o Bahia tentou empatar com Kieza, aos 13, em cabeçada para fora. O Flu respondeu aos 19, com Rafael Sóbis, mas o atacante marcou bobeira e dentro da pequena área finalizou para fora.

Aos 21, o Bahia teve mais uma grande chance em falta cobrada por Emanuel Biacucchi para fora, o que fez com o técnico Cristóvão Borges trocasse Conca por Edson, fechasse o time e fosse chamado de burro pela torcida Tricolor.

Chamando o Bahia para o seu campo, o Flu ainda criou boa chance com Wagner, aos 31, mas foi com Marcos Aurélio, em cobrança de falta aos 35, que o Tricolor de Aço chegou ao empate.

Precisando novamente ir ao ataque o Fluminense foi e, aos 40, Fred perdeu chance clara após cruzamento de Wagner e mandou a bola rente a trave de M. Lomba.

 

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 1 BAHIA

Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data-Hora: 4/10/2014 – 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael Alves (RS) e Marcelo Baríson (RS)
Renda e público: Não divulgados.
Cartões amarelos: Fred, Edson e Jean (FLU); Lucas Fonseca (BAH)
Gols: Fred (21’/1ºT) e Marcos Aurélio (37’/2ºT)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Elivélton, Henrique e Fernando; Rafinha (Kenedy – 40’/2ºT), Jean, Cícero (Rafael Sobis – 11’/2ºT), Wágner e Conca (Edson – 21’/2ºT); Fred – Técnico: Cristovão Borges.

BAHIA: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Demerson e Pará; Uelliton, Rafael Miranda e Emanuel Biancucchi (Marcos Aurélio 23’/2ºT); William Barbio (Henrique – 27’/2ºT), Diego Macedo (Léo Gago – intervalo) e Kieza. Técnico: Gilson Kleina.