Conheça Fabiana e Thaísa, pilares do sonho do Mundial

Reprodução/Instagram

O Brasil segue firme e forte na disputa do Campeonato Mundial de Vôlei feminino na Itália. Com uma equipe balanceada e muito forte, a seleção brasileira está fazendo de tudo para conseguir o único título que falta ao vôlei feminino e a esta geração tão vencedora e bi-campeã olímpica. A seleção é forte em todos as áreas, e liderado por duas das melhores jogadoras do mundo e pilares do Brasil, as centrais Fabiana e Thaísa.

Leia mais:
Top 10: melhores jogadores de vôlei do Brasil
Top 10: melhores jogadoras de vôlei da história
Gatas pra ficar de olho no Mundial de Vôlei Feminino
Conheça quem foi o maior carrasco na seleção feminina de vôlei nos anos 90

Fabiana é uma das veteranas e capitã da equipe atual. Titular nas duas conquistas olímpicas, ainda é um ponto importantíssimo de equilíbrio entre ataque e defesa. A central brasileira é muito forte no bloqueio e ataque de meio de rede. Com quatro títulos do Grand Prix, medalha de ouro no Pan-americano, só falta um título Mundial para seu currículo ficar completo. Participou das duas últimas finais de Mundial, perdendo para a Rússia. Tetra-campeã da Superliga com o Rio de Janeiro.

Thaísa também é bi-campeã olímpica. Jovem na primeira conquista, titular e decisiva em 2012, e aos poucos se tornando uma das melhores centrais do mundo. Ataque muito forte, bloqueia muito forte e ainda passa muito bem. Tri-campeã do Grand Prix, também estava presente no último Mundial, quando perderam para Rússia. Foi três vezes campeã da Superliga pelo Rio de Janeiro, equipe do técnico Bernardinho.

As duas jogadores são importantíssimas para a seleção brasileira. São os pilares e o equilíbrio da equipe. Com uma mistura de força, bloqueio, passe e ataque, o meio de rede do Brasil pode ser considerado um dos melhores do mundo.

Muito ligadas nas redes sociais, Fabiana e Thaísa sempre estão postando fotos bacanas. Veja acima.



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.