Vitória atropela o Fluminense no Barradão e atrasa o sonho do G-4

Getty Images

O Vitória era o pior mandante do Campeonato Brasileiro. Mas contra o Fluminense a equipe baiana se superou e, vencendo de virada, por 3 a 1, conquistou três pontos importantes na luta contra o rebaixamento. O Tricolor Carioca, por sua vez, perdeu mais uma ótima oportunidade de se consolidar na luta pelo G-4.

LEIA MAIS:
Emerson Sheik é expulso e detona CBF: “Você é uma vergonha!”
Opinião: Emerson Sheik desabafou por todos nós
Palmeiras volta para zona de rebaixamento e vira alvo de piadas

Primeiro tempo controlado pelo Fluminense

A partida, em si, não parecia fugir aos padrões. Jogando em casa, o Vitória tentou e chegou a assustar em um lançamento longo para Dinei que Diego Cavalieri conseguiu interceptar fora da área, mas, além disso, o Fluminense foi melhor.

Aos 18 minutos, o time carioca abriu o placar com Cícero que, aproveitando cruzamento de Conca, mandou a bola para o fundo das redes. Com a vantagem, o Flu passou a controlar ainda mais a partida e não deu chances ao Vitória. Aos 36, o eficiente time do técnico Cristóvão Borges teve a chance de aumentar o placar, porém, Fred não conseguiu superar o goleiro Gatito Fernández que, no reflexo, fez boa defesa.

Flu é atropelado pelo Leão na etapa final

Na segunda etapa, o Vitória esboçou uma reação nos minutos iniciais com Dinei, mas sua cabeçada foi defendida por D. Cavalieri. Além disso, nada mais de útil aconteceu, até que o Leão da Barra conseguiu igualar o placar.

Valendo-se da lentidão na defesa Tricolor, William Henrique arrancou em velocidade, invadiu a área e só parou diante de D. Cavalieri, arrumando um escanteio. Na cobrança, Dinei subiu livre e, aos 21, deixou tudo igual.

O gol incendiou o Barradão e, quatro minutos depois, William Henrique recebeu cruzamento da direita e, totalmente livre, virou o jogo para o Vitória.

Atrás no placar, o Flu teve em grande chance de Rafael Sóbis a possibilidade de empatar o duelo, mas parou em duas grandes defesas de G. Fernández. Como quem não faz, leva, o time das Laranjeiras foi castigado aos 30, quando Vinicius ganhou na velocidade da defesa tricolor e chutou forte na saída de D. Cavalieri, fechando o placar em 3 a 1 para o Vitória.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 3 X 1 FLUMINENSE

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data/Hora: 17/9/2014 – 19h30
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Auxiliares: Márcio Luiz Augusto (SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

Renda/Público: R$ 43.934,00 / 6.438 pagantes
Cartões Amarelos: Willie (VIT)
Cartões vermelhos: –

GOLS: Cícero, 18’/1ºT (0-1); Dinei, 21’/2ºT (1-1); William Henrique, 25’/2ºT (2-1); Vinicius, 30’/2ºT (3-1).

VITÓRIA: Gatito Fernández, Nino Paraíba, Luiz Gustavo, Kadu e Juan; José Welison (William Henrique, Intervalo), Richarlyson, Cáceres e Marcinho (Luiz Aguiar, 48’/2ºT); Willie (Vinicius, 20’/2ºT) e Dinei. Técnico: Ney Franco.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Elivélton (Marlon, 37’/2ºT), Henrique e Fernando; Diguinho (Valencia, 30’/2ºT), Jean, Cícero e Conca; Rafael Sobis e Fred (Kenedy, 24’/2ºT). Técnico: Cristovão Borges.

Foto: Getty Images