Ronaldinho é chamado de macaco por político mexicano

Cruzeiro
Getty Images

No momento em que o Brasil se depara com a sua primeira punição efetiva a um clube de futebol, cuja parte da torcida proferiu manifestações racistas contra um adversário, Ronaldinho Gaúcho passou por um problema parecido no México.

Apresentado na última sexta para a torcida do Queretáro no Estádio La Corregidora, durante o intervalo da partida entre o seu novo clube e o Puebla, o meia foi ofendido racialmente por Carlos Trevino, ex-Secretário do Desenvolvimento Social.

Em mensagem publicada no facebook, o político chamou o futebol de “fenômeno idiotizante”, disse não gostar do esporte pelos problemas logísticos que causa (trânsito em dias de jogos) e ainda ofendeu o craque de macaco. Veja a mensagem abaixo:

“Trato de ser tolerante, porém detesto futebol, e o fenômeno idiotizante que produz… Detesto ainda mais porque as pessoas estorvam e inundam as avenidas para fazer com que se demore duas horas para chegar em casa… E tudo para ver um MACACO… Brasileiro, mas ainda MACACO. Isso já é um circo ridículo”.

tumblr_nbx7qe6H6q1rer3o2o1_500

Foto: Getty Images