Rivais colocam São Paulo na briga pelo título

O São Paulo teve um dos piores anos de sua história em 2013, correndo sérios riscos de ‘cair’ para a segunda divisão do Brasileirão, pela primeira vez na sua história. Em 2014 não começou bem, mas com a ‘ajuda’ dos rivais, o São Paulo aos poucos está voltando a jogar um grande futebol.

 Leia mais: 
Rogério Ceni vira dúvida para jogo contra o Coritiba
Cinco anos depois, São Paulo tem um time para sonhar

O Corinthians entregou o Pato, Palmeiras esnobou o Kardec e antes o Santos já tinha desistido do Ganso. Com a chegada de Kaká, o quarteto estava montado, só precisa de motivação e organização. O ex-jogador do Milan trouxe a motivação, Muricy aos poucos está conseguindo organizar.

Além de pagar o salário do Pato, o Timão ta vendo o jogador desabrochar no futebol e brilhar com a camisa tricolor, maior rival do Corinthians.

Não foi por 5,10 ou 20 mil reais que Kardec deixou o Palmeiras, mas sim por falta de compromisso palmeirense, que já se mostrou atrapalhada em outras decisões relacionadas a organização e dinheiro. (Barcos, Kardec, Valdívia, WTorre e argentinos).

Depois que o ex-presidente do Santos, Luís Alvaro, desprestigiou o craque Ganso, dizendo que ele não chegava aos pés de Neymar, o jogador mudou seus rumos, e aos poucos está encontrando seu futebol, com chances de voltar a seleção brasileira.

Kaká veio emprestado e com uma ‘fome’ de jogar bem e ganhar títulos, resolveu botar as mangas de fora e ajudar ao técnico a organizar e motivar a equipe. Melhorando o meio de campo e ataque, a defesa, ponto fraco, do time, está conseguindo aos poucos ganhar confiança e levar poucos gols.

Se o ‘quarteto’ está dando certo é por causa dos seus rivais.

 

Foto: Getty Images



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.