Próximo rival de Anderson Silva é preso nos EUA

O lutador Nick Diaz foi preso nos Estados Unidos no último fim de semana, informou nesta sexta-feira (12) o site especializado MMA Fighting. De acordo com a publicação, Diaz está sendo acusado de dirigir sob influência de álcool, conduzir com a carteira de habilitação suspensa, obstrução a policial e destruição de evidências. Ele é o próximo adversário de Anderson Silva no UFC, em combate marcado para o dia 31 de janeiro de 2015.

LEIA MAIS
Sessão nostalgia: Lutadores do UFC em outras modalidades antes do MMA
Anderson revela ‘luta contra fantasmas’ se compara a Senna e Pelé
Conheça lutadores que se destacam no MMA longe do UFC
Brasileiro Patricio Pitbull ganha cinturão no Bellator

Diaz foi preso por volta das 2h20 da manhã pelo oficial Eric Bradley quando passava por um bloqueio policial. De acordo com o sargento Steve Maynard, que executou a prisão, Diaz não resistiu de imediato à abordagem. Os policiais ofereceram duas opções para testar o nível de álcool no organismo do lutador. Ele poderia escolher entre o teste do bafômetro e um exame de sangue.

Segundo o policial, Diaz escolheu o teste do bafômetro, mas pediu para usar o banheiro antes. Nesse momento, ele teria forçado para vomitar várias vezes, na tentativa de eliminar o álcool. O lutador ignorou várias ordens dos agentes para parar, e por isso foi preso.

Diaz foi liberado na manhã do mesmo dia da cadeia de Lodi City. Ele ainda vai a julgamento pelo caso, o que deve ocorrer em até 21 dias após a prisão.

O UFC divulgou um comunicado nesta sexta-feira em que afirmou estar ciente da situação. “Nós entendemos que haverá um processo legal e que Nick Diaz terá a oportunidade de explicar a situação em um futuro próximo”.

A luta entre Diaz e Anderson Silva marcará a volta do brasileiro aos octógonos depois da lesão sofrida em dezembro do ano passado, quando tentava recuperar o cinturão no duelo contra Chris Weidman. Anderson fraturou a perna ao tentar dar um chute no rival.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.