Problemas que só uma menina que gosta de futebol passa

O futebol existe há mais de cem anos, muitos jogadores já passaram pelo esporte e escreveram suas histórias, muitas equipes já conquistaram títulos nacionais e internacionais. Já vimos o gol que “nem Pelé fez”, a seleção brasileira se sagrar a maior campeã do mundo, acompanhamos as carreiras de Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar. Mas até hoje, mesmo depois de tudo isso, ainda vemos preconceito contra meninas que acompanham futebol.

LEIA MAIS
Atletas e amantes do futebol feminino apoiam o Bom Senso FC
Ibrahimovic detona o futebol feminino: “Nem divertido é”

Apesar do surgimento do futebol feminino, mesmo com grandes jogadoras como a brasileira Marta, a alemã Birgit Prinz ou a americana Mia Hamm, as mulheres ainda são discriminadas quando falamos de futebol.

Entenda os problemas que só uma menina que gosta de futebol passa:

1. Quando as pessoas pensam que você está apenas assistindo a olhar para os caras.

futebol feminino - gif

O futebol não é feito apenas de Cristianos Ronaldos, tem Tevez, Rooney… a quantidade de coisas que nos atraem neste esporte é muito maior que a quantidade de jogadores bonitos!

2. Quando os homens esperam que você sirva comida durante o jogo.

futebol feminino - gif

Não somos empregadas e quemos acompanhar o jogo, por quê ninguém entende isso?

3. Quando dizem que só gostamos de uma equipe por causa do namorado/pai, etc.

futebol feminino - gif

Essa é a maior mentira do futebol.

4. Quando falam que as meninas não podem saber mais sobre futebol que os homens.

futeboll feminino - gif

Geralmente as mulheres entendem muito mais que os homens e em muitas outras coisas.

5. Quando dizem que não sabemos nem o que é impedimento.

futebol feminino - gif

Certeza de que essa é a primeira coisa que aprendemos no futebol.

6. Quando nossa paixão por um clube/jogador não é levada a sério.

futebol feminino - gif

Ah isso irrita mesmo! Nossa paixão é a mais sincera que pode existir dentro do futebol e demonstramos isso melhor que muito homem por ai.