Polônia usa força da torcida e tira invencibilidade do Brasil no Mundial

Divulgação/FIVB

Jogando com a pressão favorável de um ginásio lotado, a Polônia tirou a invencibilidade do Brasil no Mundial de Vôlei com uma vitória por 3 sets a 2, com parciais de 25-22, 22-25, 14-25, 25-18 e 17-15. Com o resultado, a seleção brasileira masculina terá a obrigação de vencer a Rússia nesta quarta-feira (17) para chegar à semifinal da competição.

A seleção brasileira liderou boa parte do primeiro set, mas no final permitiu uma aproximação que acabou sendo fatal da equipe polonesa. Apesar de Bernardinho parar o jogo durante o momento de pane, o Brasil não conseguiu impedir que a Polônia fechasse o set com 25 a 22, levando a torcida à loucura.

Foi com esse clima de festa que o segundo set começou novamente equilibrado. Mas em pouco tempo o Brasil conseguia de novo abrir vantagem no placar. A força de recuperação polonesa foi colocada à prova e mostrou que ainda era considerável. Bernardinho, desta vez, parou o jogo enquanto os rivais conseguiam diminuir para dois pontos a diferença. Apesar de ver a Polônia igualar o marcador, a seleção brasileira impôs seu jogo e conseguiu devolver o 25 a 22.

A terceira parcial foi marcada por uma superioridade completa da seleção brasileira. O time de Bernardinho abriu boa vantagem logo de início, impulsionado pela melhora de Vissotto, e caminhou com tranquilidade para fechar o set em 25 a 14.

A Polônia não se deixou abater pelas duas parciais perdidas e contou com o apoio da torcida para reagir no quarto set. O time da casa liderou durante praticamente todo o tempo e fez o Brasil correr atrás para evitar o tie-break. Sem sucesso. Na reta final, os poloneses contaram com erros da seleção brasileira, principalmente no saque, e conseguiram encaminhar a vitória por 25 a 18.

No tie-break, prevaleceu a força emocional da Polônia. O Brasil parecia perdido dentro de quadra e não foi mais nem sombra do que apresentou ser no segundo e no terceiro set da partida. A seleção brasileira encaixou uma reação na reta final, chegando até a passar à frente no placar, mas o time de Bernardinho acabou vendo os poloneses comemorarem a vitória com um 17 a 15.

A decisão, aliás, surgiu em um lance polêmico decidido apenas pelo desafio eletrônico, que mostrou a bola tocando no bloqueio brasileiro antes de ir para fora. A arbitragem, que havia marcado ponto para o Brasil, voltou atrás e deu a vitória aos anfitriões.

O Brasil joga a vida no Mundial de Vôlei no duelo contra a Rússia. A partida terá transmissão ao vivo do SporTV nesta quarta-feira (17) às 15h25. Vitória por 3 a 0 ou 3 a 1 garante a classificação. Vitória por 3 a 2 deixa o time vivo na disputa. Uma derrota deixará o atual tricampeão do mundo fora da semifinal da atual edição da competição.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.