Pena de Petros é reduzida de seis meses para três partidas

Petros

O recurso pedido pelo Corinthians no caso Petros foi julgado na tarde desta quinta-feira e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva diminuiu a pena do volante, que antes era de seis meses, para apenas três partidas. A punição é pela forte chegada do atleta no árbitro Raphael Claus na partida contra o Santos.

LEIA MAIS
Opinião do Torcedor: Jadson e Pato inverteram papéis?
Quem é o campeão dos campeões no futebol brasileiro?
Opinião do Torcedor: Clubes brasileiros estão cada vez mais falidos

A pena de Petros foi reduzida drasticamente, já que a sua inicial era de 180 dias. Segundo os auditores, eles acharam a primeira pena muito pesada e resolveram diminuir seu castigo.

Confesso que não posso ter consciência tranquila ao aplicar pena tão severa. Não temos em mãos um conjunto para provar que houve iniciativa dele de agredir o árbitro. Nessas condições, prefiro absolver errando do que condenar com prova precária”, disse Gabriel Graciliano Junior, relator do caso. 

Mesmo que o jogador do Corinthians fosse punido, Petros poderia entrar em campo na noite desta quinta para enfrentar o Atlético-MG, já que sua punição só saíra na CBF na manhã desta sexta-feira.

Como depois do recurso ele não ficou nenhum jogo sem atuar, ele ainda terá que cumprir sua punição à partir do jogo contra o Flamengo no domingo.

Foto: Reprodução



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.