Patrícia Moreira diz que não é racista: “já fiquei com um cara negro”

patrícia moreira

A torcedora do Grêmio, Patrícia Moreira, voltou a dizer que não é racista. Desta vez, ela deu uma razão um inusitada para reforçar o seu argumento.

LEIA MAIS:
Patrícia Moreira chora na TV e reprova exclusão do Grêmio da Copa do Brasil
Casa de Patrícia Moreira é incendiada no RS; Polícia prende suspeito
Opinião: Agredir Patrícia Moreira não ajuda a combater o racismo

“Não. Eu sei que não sou racista. Já fiquei com um cara negro. Eu estava levando muito em conta o fanatismo pelo Grêmio, só que nunca fui de ofender. A torcida do Grêmio não é racista, não é”, declarou em entrevista exclusiva ao jornal Zero Hora.

Patrícia Moreira foi flagrada pela ESPN Brasil no último dia 28 de agosto, durante a partida entre Grêmio e Santos, válida pela Copa do Brasil, gritando a palavra “macaco” em direção ao goleiro Aranha, da equipe santista.

O ato dela e de outros torcedores motivou o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a excluir o Grêmio da Copa do Brasil. A decisão, porém, ainda cabe recurso.

Crédito da foto: Reprodução

Relembre casos de atletas que já sofreram com racismo:



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com