Na contramão da história, Vasco não tem vida fácil na Série B

vasco
Flickr/Divulgação

Quando um gigante brasileiro é rebaixado, a sensação é a de um ano perdido, mas que a volta à elite será garantida com tranquilidade. É assim na maioria dos casos. No entanto a caminhada do Vasco da Gama em 2014 tem sido tortuosa.

Leia mais:
Suposta nova camisa do Vasco vaza na internet; veja
Para qual clube torce Marina? Confira os times dos candidatos à presidência

Desde 2003, quando Palmeiras e Botafogo estiveram juntos na segunda divisão, apenas o Atlético-MG, em 2006, fazia campanha inferior em relação aos vascaínos após 23 partidas disputadas. O Vasco soma 40 pontos e ocupa a quarta colocação, já o Galo tinha 38 e estava em terceiro.

É verdade que nem todos sobraram na competição, casos sobretudo de Palmeiras em 2003 e 2013, e Corinthians em 2008. O Grêmio, por exemplo, era quarto em 2005, porém na época o regulamento do torneio era diferente. Havia uma primeira fase de 21 partidas, na qual oito equipes se classificavam para a segunda fase. Os gaúchos também fugiram do padrão, pois garantiram seu acesso de forma dramática na Batalha dos Aflitos.

Já o próprio Vasco, quando disputou a Série B em 2009, era o líder depois de seu 23º jogo.

A inferioridade neste ano se mostra também no número de gols, o menor nesta comparação. Foram 32 (1,39 por partida). Em 2009, foram 38 bolas na rede. O Corinthians de 2008 fez 50; o Palmeiras marcou 54 gols em 2003, e 47 em 2013; o Botafogo anotou 45 em 2003; Vasco e Atlético 38 em 2009 e 2006; Grêmio 35 em 2005.

Até hoje, nenhum dos gigantes não conseguiu subir novamente na primeira temporada.

Abaixo, o desempenho dessas equipes na Série B até a 23ªrodada.

Palmeiras (2003): 47 pontos (1ºcolocado) – 54 gols marcados

Botafogo: 41 pontos (2ºcolocado) – 45 gols marcados

Grêmio: 41 pontos (4º colocado até a 21ªrodada, 1ºna segunda fase) – 35 gols marcados.

Atlético-MG: 38 pontos (3ºcolocado) – 38 gols marcados

Corinthians: 51 pontos (1ºcolocado) – 50 gols marcados

Vasco (2009): 46 pontos (1ºcolocado) – 38 gols marcados

Palmeiras (2013) – 52 pontos (1ºcolocado) – 47 gols marcados

Vasco (2014) – 40 pontos (4ºcolocado) – 32 gols marcados

Foto: Getty Images



Estudante de jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie e alucinado por futebol.