Mayweather vence Maidana, segue invicto e acusa rival de mordida

Floyd Mayweather continua sendo “o cara” no boxe mundial. Na noite de sábado (13), em Las Vegas, o norte-americano de 37 anos conseguiu a 47ª vitória (26 delas por nocaute) na carreira e seguiu invicto ao vencer o argentino Marcos Maidana por decisão unânime (115-112, 116-111, 116-111) e manteve os cinturões do Conselho Mundial de Boxe e da Associação Mundial de Boxe.

O novo triunfo de Mayweather não veio sem polêmica. “Money” acusou “El Chino”, a quem vencera em maio deste ano também nos pontos, de morder sua mão esquerda no oitavo assalto.

“No oitavo round nós fomos para o clinch, o árbitro nos separou e ele mordeu meus três dedos. Não conseguia mais senti-los e isso me prejudicou durante todo o duelo”, reclamou o multicampeão Mayweather. “Na verdade, ele cutucou o meu olho quando tinha as luvas no meu rosto, mas eu não senti que o mordi”, rebateu Maidana, que foi derrotado pela quinta vez – ele tem 35 vitórias (31 por nocaute) no cartel.

Fato é que o argentino deu um calor no multicampeão. Maidana foi para cima, tentou encurtar a distância e golpear Mayweather, estratégia que serviria para quebrar a defesa do norte-americano. Na primeira luta deu certo, mas os contragolpes de Mayweather foram certeiros e lhe garantiram a vitória nos pontos. Nesta, o cenário foi o mesmo.

Apesar de Maidana ter conseguido por vezes encurralar Mayweather nas cordas e acertar bons socos no campeão, a experiência de “Money” falou mais alto. Mayweather soube travar a luta no clinch quando necessário e esquivou em diversas oportunidades. Isso, somado aos contragolpes e à rotação defensiva de ombro foram os ingredientes do 47º triunfo da carreira ainda imaculada do atleta mais bem pago da atualidade.

Aos 37 anos, Mayweather deverá ter apenas mais dois embates na carreira, em maio e setembro do ano que vem. A vitória na revanche com Maidana praticamente anulou as chances de um terceiro combate entre eles. Se tudo der certo, “Money” pendurará as luvas com 49 vitórias em 49 lutas disputadas.

Foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.