Massagista é demitida por fazer sexo oral em jogador na Suíça

A massagista do Lenzburg FC, da 4ª divisão da Suíça, foi demitida por ter sido flagrada fazendo sexo oral em um jogador do time. Boa parte da equipe encontrou a profissional de 41 anos e o atleta de 20 anos. O ato chegou a ser filmado.

Os dois estavam bêbados e participavam de uma festa que comemorava o fim da temporada, em maio deste ano. No entanto, a polêmica só surgiu nesta semana quando as imagens do ato sexual chegaram ao e-mail do presidente do clube, Ulrich Bruder.

Segundo o cartola, o conselho do clube achou mais prudente demitir a massagista e punir internamente os jogadores que participaram da festa. “Não posso demitir metade do time”, afirmou Bruder, segundo a imprensa local.

A massagista não gostou da decisão e afirmou ter bebido pouco durante a festa. “Alguém tinha que ser culpado pelo que ocorreu. Eu fui o bode expiatório, a vítima mais fácil. Não me lembro de nada do que aconteceu”, disse a profissional que afirma já ter recebido várias propostas de emprego.

Crédito da foto: Twitter



Jornalista, formado na Metodista, com passagens pelo UOL, R7, Meia Hora e Diário do Grande ABC.