EUA não dá chance para a Lituânia e vai a final do Mundial de basquete

Na tarde desta quinta-feira pelo Mundial de Basquete, os Estados Unidos não tiveram piedade da Lituânia, e com um terceiro período arrebatador, derrotaram os europeus por 96 a 68.

LEIA MAIS
Top 7: Confira os gatos do Mundial de basquete

Federação da Espanha analisa derrota no Mundial de basquete

O resultado classificou a equipe para a final do torneio, em partida que ocorreu no Palau de Sant Jordi, em Barcelona. Além do caráter de decisão, o duelo ainda contou com as ilustres presenças na arquibancada de Neymar e Daniel Alves.

Os dois primeiros quartos de jogo tiveram perfis bem parecidos, com uma partida mais travada, de pontuação baixa. Os lituanos se esforçavam para forçar o jogo de perímetro e, consequentemente, colocar os principais atletas norte-americanos em problemas com o número de faltas. Do lado estadunidense, a eficiência tradicional nos rebotes e um excelente desempenho de Klay Thompson e Kenneth Faried garantiram a ponta até o intervalo.

A terceira parte do duelo foi crucial para sacramentar a vitória dos atuais campeões mundiais, marcando assombrosos 33 a 14.

O trabalho de “pick and roll” foi perfeito, uma defesa sólida e um crescimento de produtividade até então não visto na competição por parte de James Harden, seus 16 pontos foram os de destaque. Com uma larga vantagem estabelecida, os 10 minutos finais não passaram de mera formalidade.

Os comandados do técnico Mike Krzyzewski agora esperam na decisão o vencedor de França e Sérvia, que jogarão amanhã, às 17h, em Madrid. A final acontecerá também na capital espanhola, no próximo domingo, às 16h.

Foto: Divulgação/FIBA



Jornalista formado em 2012 pela FIAM e que tem paixão por esportes, destacando-se Futebol, MMA, Basquete e Automobilismo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports.