Cruzeiro convoca torcedores para clássico e promete mosaico gigante

Cruzeiro

De torcedor e de louco, todo mundo têm um pouco, já diria o poeta. Não à toa este site se chama Torcedores.com e escrevemos, dentre muitas coisas, sobre a loucura que é torcer para um time de futebol. Quando se está por cima da carne seca, então, essa loucura se potencializa.

Leia mais:
Cruzeiro aposta no Mineirão para seguir rumo ao bi do Brasileiro
Convocação de Dunga beneficia o São Paulo na briga pelo título

A torcida do Cruzeiro que o diga. Líder absoluto do campeonato desde 2013, os cruzeirenses estão tão empolgados com o time que prometem fazer um mosaico gigante nas arquibancadas do Mineirão, no clássico de domingo, contra o Atlético-MG.

Convocando os torcedores pelas redes sociais, o clube publicou em sua página oficial do Facebook um banner explicando como se dará a distribuição das placas que formarão o mosaico e orienta aqueles que estarão presentes no estádio sobre o momento exato de levantá-las ou abaixá-las.

Pede-se que, em primeiro lugar, que nenhum torcedor levante a placa antes de o time entrar em campo. O banner esclarece que, antes dos onze titulares subirem pelo túnel, entra-se o mascote e algumas crianças, portanto, há de se ter atenção redobrada para não levantar a placa e estragar a surpresa.

Também se solicita que, caso o torcedor sente-se inicialmente em uma cadeira com uma placa e depois opte por mudar de lugar, que não leve consigo a placa, porque isso estragaria o desenho que se pretende formar.

Muito comum em jogos da Europa (o Borussia Dortmund, por exemplo, faz um mosaico gigantesco e sensacional nos jogos em seu estádio), os mosaicos não são algo muito popular no Brasil, já que demandam uma organização e disciplina muito grandes entre os torcedores, algo que não é exatamente um hábito por aqui, infelizmente.

Samuel Rosa toma microfone de repórter e entoa cântico em transmissão ao vivo

Quem conhece a banda mineira Skank sabe que, os integrantes dela, além de serem ótimos músicos, são fanáticos por futebol. Até mesmo uma música sobre o assunto foi gravada por eles e se tornou, talvez, a canção que melhor retrate o que é um jogo de futebol e, sem dúvidas, é o maior sucesso entre músicas com essa temática no Brasil.

Formada pelo vocalista e guitarrista Samuel Rosa, o tecladista Henrique Portugal, o baixista Lelo Zaneti e o baterista Haroldo Ferretti, a rivalidade futebolística de BH é representada ali da forma mais democrática possível, com os dois primeiros sendo cruzeirenses e os outros dois, atleticanos.

Nessa semana, um pouco dessa paixão foi demonstrada ao vivo, durante um programa de TV do SBT de Minas Gerais, que gravava uma reportagem com torcedores, no Mineirão. Samuel Rosa, que passava por ali, simplesmente tirou o microfone da mão do repórter e entoou o cântico “Nós Somos Loucos”, cantado pela torcida cruzeirense.

Em poucos segundos, dezenas de torcedores se juntaram ao músico e, juntos com ele, pulando e cantando, engrossaram o coro, sem nenhum medo de ser feliz. Realmente, está fácil ser cruzeirense, hein!?

Confira o vídeo:



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...