Champions League marca a volta do Liverpool após cinco anos

Os fãs do futebol tem dois motivos para matar a saudade nesta terça-feira (15). Além do início da Uefa Champions League, o torneio terá a volta do Liverpool após cinco temporadas.

A relação do clube inglês com o torneio é especial. Entre 1977 e 1984, o time vermelho dominou o continente, conquistando quatro títulos. Após longa ausência devido à punição sofrida em função da Tragédia de Heysel em 1985, os Reds voltaram a disputar a competição em 2001.

O prestígio aos poucos era recuperado, e a consagração veio quatro anos depois. Rafa Benitez tinha um elenco limitado nas mãos, avançou para as oitavas-de-final apenas nos critérios de desempate, através de gol antológico do capitão e ídolo máximo Steven Gerrard nos minutos finais diante do Olympiacos.

Ao longo do mata-mata, eliminou os favoritos Juventus e Chelsea, até chegar à decisão contra o estrelado Milan de Maldini, Dida, Nesta, Seedorf, Kaká e Shevchenko. O roteiro, digno de filme, relata uma desvantagem de três gols no primeiro tempo revertida na etapa complementar e concluída na disputa de pênaltis. A maior virada da história do futebol.

Desde então, o Liverpool ainda chegou a mais uma decisão em 2007 e a uma semifinal em 2008. Time copeiro turbinado por uma torcida fantástica que marca presença em “The Kop”, local de onde partem os gritos e cânticos de apoio ao time, em especial o tradicional e emocionante “You’ll Never Walk Alone”.

É impossível que a devoção dos fãs do Liverpool não mexa com quem ama futebol. Já estava na hora de a Uefa Champions League ter esse ingrediente a mais.

Amanhã, os Reds iniciam sua caminhada diante do Ludogorets, e Anfield Road novamente viverá essa atmosfera. O futebol agradece.

Veja abaixo o gol de Gerrard contra o Olympiakos, a épica reação diante do Milan e trechos de “You’ll Never Walk Alone”. 

 

 



Estudante de jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie e alucinado por futebol.