Brasil dá show em cima da Rússia e está na semi do Mundial de Vôlei

O Brasil está vivo na luta pelo tetracampeonato mundial masculino de vôlei. A seleção comandada por Bernardinho deu um show em quadra nesta quarta-feira (17) e venceu a Rússia por 3 sets a 0, em uma exibição digna de campeão, com parciais de 25-22, 25-20 e 25-21.

LEIA MAIS
Veja como os uniformes do vôlei mudaram nos últimos 30 anos
Relembre 5 grandes momentos do Mundial masculino de vôlei
Relembre os três títulos mundiais de vôlei do Brasil

O grande destaque do Brasil na partida desta quarta foi Murilo, que retornou com uma aula de vôlei e ajudou a colocar a seleção em mais uma semifinal de Mundial. Emocionado, o jogador disse que ainda tenta se acostumar ao papel de líder da equipe.

“O meu papel hoje é diferente do que foi em 2010, ou em 2012. Estou ainda me adaptando a isso, mas procuro liderar dentro de quadra, dar ao grupo tranquilidade para jogar. O nosso time é assim”, disse Murilo ao SporTV após o jogo.

O Brasil não foi inferior à Rússia em momento algum durante a partida. Apenas no terceiro set, o time de Bernardinho ficou atrás com alguma vantagem maior dos russos no placar, mas logo a seleção brasileira conseguiu impedir qualquer chance de reação.

Todo a desconfiança gerada pela atuação instável no jogo do dia anterior, contra a Polônia, foi abafada pelo desempenho do time contra os russos. Agora, o Brasil aguarda para conhecer o adversário na semifinal. Com três pontos, o time brasileiro se classificará em primeiro lugar se a Rússia vencer os poloneses nesta quinta-feira (18). Caso os donos da casa vençam, o Brasil ficará com a segunda posição.

No outro grupo, a França bateu a Alemanha por 3 a 0 no primeiro jogo. Nesta quarta, os alemães fizeram 3 a 0 no Irã. O próximo duelo, entre franceses e iranianos, vai decidir as posições. Um deles será o adversário do Brasil no sábado, na briga por uma vaga na final.

Na decisão, o Brasil poderá voltar a enfrentar a Rússia, que já havia sido batida pelo time de Bernardinho por 3 a 1 na segunda fase. Também poderá jogar contra a Polônia, na luta por uma revanche que valeria o tetra. Esses são os caminhos para mais uma conquista brasileira no vôlei mundial.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.