América-MG é punido pelo STJD e cai para a lanterna da Série B

América-MG

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva entrou em ação mais uma vez. Agora, o pleno julgou o América-MG por uma escalação irregular do lateral esquerdo Eduardo. O jogador já havia atuado por outras duas equipes, São Bernardo e Portuguesa, respectivamente, o que não deveria ter acontecido segundo a regra.

LEIA MAIS
Para qual clube torce Marina? Confira os times dos candidatos à presidência

O clube mineiro foi enquadrado no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, em que diz: “incluir na equipe, ou fazer constar na súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente.” Com a pena o América-MG perdeu 21 pontos no Campeonato Brasileiro da Série B e caiu de oitavo para a última posição ficando com apenas 12 pontos, 13 atrás do Bragantino, primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

Eduardo já tinha jogado pelo São Bernardo a Copa do Brasil e pela Portuguesa a segunda divisão. O advogado do América-MG, Henrique Saliba, alegou no julgamento que os torneios são competições distintas. Em um juri de cinco integrantes, quatro votaram para a perda de 21 pontos da equipe, dentre eles o relator do caso Luiz Felipe Bulus Alves Ferreira, e apenas um, Washington Oliveira, optou pela não perda da pontuação, mas sim de uma multa de R$ 8 mil. No fim a pena em dinheiro ficou apenas a metade do pedido.

Quem denunciou o América pela escalação irregular foi o Joinville de Santa Catarina, sendo que o lateral-esquerdo atuou irregularmente nas partidas contra o Paraná Clube, Oeste de Itápolis, América-RN e ABC. Em uma nota publicada em seu site, o time afirmou que irá tentar o recurso e se não tiver um resultado positivo levará o caso a FIFA.

O Coelho já não vinha bem nas últimas partidas, nos quatros jogos que disputou a equipe perdeu três e empatou uma vez.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.