Wanderlei Silva ainda quer lutar contra Chael Sonnen

Wanderlei Silva

Nem mesmo a aposentadoria de Chael Sonnen do UFC frustrou os planos de Wanderlei Silva de enfrentar o falastrão norte-americano. O “Cachorro Louco” não descarta um combate contra seu desafeto no Metamoris, um dos maiores eventos de luta agarrada no mundo.

“Sim, eu poderia lutar com ele (Sonnen) no Metamoris. Por que não? Nunca tinha pensado nisso, mas acho que pode ser uma boa ideia”, afirmou Wanderlei em entrevista à “Submission Radio“.

LEIA MAIS
Lutador de UFC atira em si mesmo por acidente e está fora de luta

Wanderlei não luta pelo UFC desde março de 2013, quando nocauteou Brian Stann no Japão. E só tem a perder no combate com Sonnen. Primeiro por não ser um especialista nem em jiu-jitsu nem em wrestling, enquanto o wrestling sempre foi o carro-chefe de Sonnen no octógono. Segundo pela falta de experiência em eventos do tipo. Por mais que seja azarão, Sonnen vai enfrentar o brasileiro André Galvão – campeão mundial de jiu-jitsu e campeão do ADCC, outra das principais competições de grappling do planeta – no Metamoris 4,dia 9 de agosto em Los Angeles (EUA).

Ou seja: a chance de Wanderlei perder é gigantesca. Combate desnecessário.

A luta entre Wanderlei e Sonnen chamaria a atenção, claro, por toda a rivalidade envolvida. Os dois foram treinadores na terceira edição do “The Ultimate Fighter” no Brasil e trocaram provocações e sopapos ao longo do reality show. E bem antes disso, se alfinetavam quanto a desempenho no octógono. E Wanderlei sempre foi uma das vítimas favoritas das piadas de Sonnen. Há um vídeo famoso em que o “Cachorro Louco” pede que Sonnen manere nas brincadeiras em relação ao Brasil para não perder os dentes.

Eles se enfrentariam na final do TUF Brasil 3. Mas ambos tiveram problemas com exames antidoping. Wanderlei fugiu dos examinadores nos EUA e Sonnen, após ser flagrado, decidiu se aposentar.

Mesmo assim, eles ainda devem acertar as contas.

Foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.