Mercado da bola: Valdívia pode voltar para o Palmeiras

Palmeiras
Getty Images

Ruim com ele, pior sem ele. Parece que essa é a frase na cabeça do conselheiro do Palmeiras, Osório Furlan Júnior, que é dono de 36% do passe de Valdívia. Após a negociação com o clube árabe, Al-Fujairah, ter emperrado, o cartola conversou com a diretoria alviverde e quer que o atleta volte.

O representante do meia chileno, Wagner Ribeiro, já admitiu a volta do jogador para o Brasil caso nada seja resolvido até quarta-feira. Valdívia, que chegou até a se despedir dos torcedores via redes sociais, está incomunicável.

O Palmeiras e o conselheiro Furlan possuem a maior parte dos direitos federativos do jogador. Se Valdívia não retornar, o caso será levado à Fifa. Os árabes pagariam R$ 16,6 milhões pelo chileno, mas um entrave financeiro entre o Al-Fujairah e o atleta bloqueou o negócio.

Sem Valdívia desde o final da Copa do Mundo, o Palmeiras perdeu para Cruzeiro, Santos e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, e ganhou do Avaí na Copa do Brasil. Um dos maiores problemas da equipe de Ricardo Gareca é justamente a criação de jogadas no meio-campo.

A volta de Valdívia seria um bom negócio para o Verdão?



Jornalista esportivo na RedeTV!, conectado com futebol, MMA e esportes em geral.