Ronaldinho Gaúcho: um jogador histórico

Brasileiros

Ronaldinho Gaúcho se despediu do Atlético Mg depois de uma bela passagem, aonde ganhou títulos, fez belos gols e entrou para a história. A massa atleticana nunca se esquecerá do camisa 10 que levou a equipe a tão sonhada conquista da Libertadores.

Com gols e jogos históricos, Ronaldinho aos poucos entra para um seleto clube, de jogadores que conseguiram ganhar tudo tanto no individual quanto com o clube.

Destaques
Luiz Ceará fala sobre o adeus de Ronaldinho Gaúcho; assista
Relembre dez feitos de Ronaldinho Gaúcho no Atlético-MG
Mercado da bola: Ronaldinho pode ir para o Boca Juniors
Ronaldinho posta mensagem e tira onda com Chile; veja
Copas de 90, 94 e 2002 têm jogadas gêmeas; assista

Sim, R10 é um jogador único, diferenciado, genial, mágico.

É claro que seus melhores dias já passaram, e faz tempo, porém um jogador deste quilate, você não sabe o que esperar, as vezes uma única jogada, já é tão maravilhosa e mágica que é capaz de preencher a mente e os corações que  estavam presente pro resto da vida.

Com tanto sucesso nos clubes, o jogador perdeu o ‘tesão’ de disputar qualquer torneio. Voltou ao Brasil ‘em baixa’, não conseguiu muito sucesso no Milan, e já no Flamengo conseguiu título, e o mais importante, terminou entre os 4 no Brasileirão e o rubro-negro voltou a Libertadores.

Depois no Atlético voltou a levar a equipe á Libertadores e com ajuda dos companheiros e da torcida conquistou o maior título da história da equipe mineira, a ponto de o ‘Rei’ Reinaldo dar a coroa ao mito Ronaldinho.

UEFA Champions League - Barcelona v Udinese

Com mais um título, Ronaldinho se torna um dos maiores vencedores de todos os tempos. Ele se tornou o único jogador na história a conquistar Copa do Mundo(2002), Copa América(1999), Copa das Confederações(2005), Champions League(2006), Libertadores(2013), Liga da Espanha(2004-05 e 05-06), Liga Italiana (2010-11), Recopa(2014), Bola de Ouro(05), Melhor jogador da Fifa(2004/05). E os estaduais Gaucho (1999), Carioca(2011) e Mineiro(2013).

Depois de 5 anos sem ganhar nada(Xavi e Puyol estavam lá), o craque trouxe de volta a magia e os títulos ao Barcelona, e sim, foi muito importante nesta fase de transição da equipe catalana nos últimos anos.

Mais importante do que prêmios, acredito que fica a imagem do craque.

Mágico e gênio.

Toque de bola único. Controle de bola único. Categoria na essência!

Obrigado Ronaldinho, você é um gênio da bola.

 

Barça Legends: Ronaldinho (1st half)

 

 Barça Legends: Ronaldinho (2nd half)

 

Reprodução: Getty Images



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.