Opinião: Recopa Sul-Americana é importante!

Getty Images

Durante estas duas semanas acompanhei uma discussão interessante dos torcedores de Atlético e Cruzeiro sobre o valor da Recopa Sul-Americana.

Claro que a competição tem valor, e nós atleticanos temos mais é que comemorar. Título é título e esse cumpre uma função estratégica para o Atlético-MG.

Títulos fortalecem a marca, trazem investimentos e dão ao time respeito. Outro ponto importante é o que a disputa representa, é o confronto entre campeões continentais. Isso por si só já dá a conquista um sabor diferente.

Esse título representa algo ainda maior, que é a manutenção da autoestima do torcedor alvinegro. Torcedor que amargou anos de espera por uma grande conquista e viu logo duas no espaço de um ano.

E aumenta a confiança dos jogadores, que ao meu ver tem todas as condições de conquistar ao menos mais um título para o Galo. Como disse Marcos Rocha, em entrevista após o jogo, a Copa do Brasil é o caminho mais rápido para se disputar a Libertadores do ano que vem, e é preciso focar em mais este título inédito.

Saída de Ronaldinho

Há um rumor que a decisão da Recopa teria sido o último jogo do R10, a diretoria e o jogador ainda não confirmaram nada, mas uma coisa é fato. Tanto clube quanto jogador fizeram muito bem um ao outro, como o próprio Ronaldinho tuitou hoje pela manhã, caso a saída venha a se confirmar não será o fim do mundo, muito pelo contrário, teremos mais um ídolo do qual contaremos histórias aos nossos filhos.

Ronaldinho foi sim um dos melhores jogadores que vestiu a camisa do Galo, fez partidas memoráveis, gols antológicos – aquele contra o Cruzeiro no Brasileiro de 2012 é inesquecível – e jogadas que só ele é capaz de fazer.

Acredito que este seja um bom momento caso o craque esteja de saída, não há desgaste com a torcida e diretoria, como aconteceu no Flamengo. E o clube acabou de conquistar um título inédito.

Que o melhor para o Galo aconteça!