Opinião: Daniel Alves curtir férias é afronta ao futebol brasileiro

Daniel
Reprodução/Instagram

Daniel Alves foi um dos piores jogadores do Brasil na campanha da Copa do Mundo, mas parece não estar preocupado com os vexames da seleção em casa.

Enquanto o povo brasileiro ainda chora as derrotas vergonhosas para a Alemanha (7 a 1) e para a Holanda (3 a 0), o jogador do Barcelona posta fotos e mais fotos nas redes sociais curtindo as férias com a família.

Recém-separado da namorada, uma atriz global, Daniel Alves tem aproveitado o tempo com seus dois filhos, e não mostra qualquer ponta de tristeza pelo quarto lugar no Mundial.

DESTAQUE
Craque da Roma dorme em voo e é zoado por colegas

Depois de xingar os críticos da seleção, o camisa 2 do Barcelona dá provas do que muitos já desconfiavam, inclusive o próprio Felipão, que o mandou para o banco de reservas na reta final do Mundial: não há qualquer comprometimento com o time nacional.

Daniel Alves está bilionário, é inexplicavelmente titular do Barcelona há várias temporadas e, por pior que jogue, não tem a condição de titular ameaçada.

Assim como fazem alguns brasileiros que jogam na NBA, o jogador seria muito mais digno se recusasse novas convocações para a seleção, agora nas mãos de Dunga, pois já mostrou que, para ele, é mais importante deixar o corte de cabelo bonito, descolorido e descolado, do que atuar com garra, vontade e determinação que uma seleção brasileira precisa.

Daniel Alves mostra, a cada foto sorridente publicada na internet, que o importante não é defender o país, e sim posar de gatinho para as futuras conquistas amorosas.

Que o técnico Dunga, conhecido por sua teimosia, mas também pelo amor com que sempre defendeu a camisa do Brasil, possa ter a mesma conclusão que eu ao ver Daniel Alves sorridente: seu ciclo na seleção está encerrado.



Apaixonado por futebol e esportes em geral.