Opinião: Mais um ano bom para calouros na NFL

A última temporada da NFL não teve grandes apresentações de calouros. Nomes como E.J. Manuel, Geno Smith não tiveram grandes temporadas, oscilando entre atuações excepcionais e outras catastróficas, principalmente no caso de Smith. Outros, como Kiko Alonso, linebacker dos Bills, surpreenderam positivamente.

Este ano, porém, traz a mesma promessa de dois anos antes, quando Andrew Luck, RGIII, Luke Kuechly, Melvin Ingram e Alshon Jeffrey chegaram causando grande impacto e prometendo grandes temporadas. A expectativa em torno de Jadeveon Clowney, Sammy Watkins e, principalmente, Johnny Manziel, é enorme. São jogadores que chegam aos novos times com responsabilidades igualmente grandes às expectativas geradas por suas temporadas no college e por suas posições no draft.

E eles tem correspondido ao que se espera de cada um. Watkins realizou uma recepção com apenas uma mão no training camp dos Bills, mesmo após perder o equilíbrio. Confira no vídeo a jogada que lembra os bons tempos de Brady/Moss. Já Manziel não cometeu um único erro em seu primeiro dia no training camp dos Browns e parece cada dia mais preparado para ganhar a vaga de Brian Hoyer como quarterback titular.

Ao que tudo indica, os rookies de 2014 chegam ainda mais preparados do que os draftados de um ou dois anos atrás. Sorte dos torcedores de Cleveland Browns, Jacksonville Jaguars, Houston Texans, Buffalo Bills, entre outras equipes que tem falhado em chegar aos playoffs com regularidade.

Crédito da foto: Reprodução



Formado em Publicidade e Marketing pelo Mackenzie, porém com mestrado em futebol e pós-graduado em futebol americano. Sobrevive com o emprego e vive de esporte.