Jordan não alimenta polêmica de camisa de Lebron

Depois da decisão de LeBron James de usar o número 23, em sua segunda passagem pelo Cleveland Cavaliers, Jordan deu sua opinião quando perguntado sobre o assunto.

“Eu não sou o dono do número. Eu estou bem com isso.”, disse Jordan a ESPN norte-americana nesta segunda de manhã.

Destaques
Relembre atuação histórica de Magic Johnson como novato
Top 15: Gatas do basquete
Jordan: “Kobe copiou e roubou meu estilo de jogar”; assista
Maior de todos os tempos, Jordan completa 51 anos
Top 5: Momentos de Michael Jordan em decisões da NBA
Vídeo NBA: A enterrada favorita do Michael Jordan
Confira 15 coisas que você não sabia sobre LeBron James
LeBron anuncia retorno ao Cleveland: “voltando pra casa

Michael Jordan, que agora é dono do Charlotte Bobcats, usou o no. 23 durante sua lendária carreira de jogador. James sempre idolatrou Jordan e usou o número durante suas primeiras sete temporadas com os Cavaliers.

Quando se mudou para o Miami Heat, LeBron sugeriu que se aposentasse a camisa 23, em honra ao Michael Jordan.

“Eu acho que tem que ser reconhecido o que Jordan fez para o jogo. Não haveria LeBron James, Dwyane Wade, nem Kobe Bryant se não houvesse Michael Jordan em primeiro lugar.”

“Ele não pode obter o logotipo, e se ele não pode, algo tem que ser feito. Eu sinto que nenhum jogador da NBA deveria usar 23. Estou começando uma petição, e eu tenho que fazer com que todos na NBA a assiná-lo. Agora, se eu não vou usar n º 23, então ninguém deve ser capaz de usá-lo.”

James não entrou em contato com Jordan antes de decidir voltar a usar o n° 23. James anunciou sua escolha de número em sua conta no Instagram domingo.



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.