Grêmio estuda quatro opções para o cargo de treinador

Palmeiras
Cesar Greco / Fotoarena

Após a derrota, na Arena, para o Coritiba por 3 a 2, a diretoria do Grêmio resolveu demitir Enderson Moreira. O comunicado foi feito pelo próprio treinador, que teve ao seu lado a companhia do presidente do clube Fábio Koff.

Visivelmente chateado com a situação, o ex-comandante gremista agradeceu aos jogadores, a direção pela oportunidade, e pediu desculpas ao torcedor pela falta de resultados. Enderson deixou o clube após ter realizado 35 partidas e obtido 19 vitórias, nove empates e sete derrotas. Alcançou um aproveitamento de 62,8%, sem conseguir o principal objetivo, que era a Libertadores da América.

A diretoria do Grêmio ainda não revelou interesse em nenhum treinador, mas segundo informações obtidas pelo RDG Esportes, quatro nomes estão na pauta gremista: Celso Roth, que está no Coritiba, Roger Machado, que está no Juventude, Gilson Kleina, sem clube e Alejandro Sabella, que comandou a seleção argentina que conquistou o vice-campeonato da Copa do Mundo realizada no Brasil.

Crédito da foto: Divulgação



Jornalista com passagens pela Rádio K (Goiânia) e sites Portal MF e PlanetaSportivo. Atualmente é Apresentador e Comentarista da Rádio RDG Esportes (www.rdgesportes.com.br) e editor de esportes do Jornal O Regional.