Emocionante! Maratonista termina prova mesmo passando mal

Depois de 30 anos a cena se repete. Beata Naigamo, da Namíbia repetiu a cena de Gabriela Andersen nas Olimpíadas de Los Angeles em 1984 e entra para a história não pelo resultado, mas sim pela luta, perseverança e espírito olímpico.

Na maratona dos Jogos de Commonwealth (Jogos Britânicos), Beata, de 34 anos, quase não conseguiu chegar ao final.

Leia mais:
Jogo de tênis de mesa tem rally mais emocionante que você já viu; assista
Diego Costa, Filipe Luís e Fabregás pagam ‘trote’ no Chelsea; assista
Top 10: melhores ataques da Europa
Namorada de Messi arrasa em férias na Itália; veja fotos

Passando mal nos últimos metros, ela começou a correr desequilibrada e foi em direção a uma placa de publicidade. Resistiu ao cansaço, ficou de pé e continuou. Andou um pouco mais, cruzou a linha de chegada e e caiu outra vez. A maratonista entra para a história pela garra e coração.

Naigambo foi 11ª na corrida, realizada no domingo, em Glasgow, na Escócia, a vitória foi da australiana Frances Daniel, que correu os 42,195 quilómetros em 2.26:45 horas, menos 12:38 minutos que Naigambo.

Assista abaixo:

 

Nas Olimpíadas de 84, teve uma cena muito parecida, que é lembrada e mostrada até hoje. Assista abaixo a emocionante chegada da Gabriela Andersen na maratona de Los Angeles:

 



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.