Corinthians vence o clássico e afunda o rival

corinthians e palmeiras

O Corinthians derrotou o Palmeiras por 2 a 0, neste domingo, na Arena Corinthians, e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram marcados por Guerrero e Petros.

LEIA MAIS
Veja piadas sobre a vitória do Corinthians diante do Palmeiras

O primeiro tempo começou equilibrado, com o Corinthians valorizando a posse de bola, enquanto o Palmeiras se postava bem defensivamente em busca de encaixar um bom contra-ataque. O time da casa investia nas jogadas pelo lado esquerdo com o paraguaio Romero que, na maioria da vezes, levava vantagem em cima de Wendel. Aos 14 minutos, Elias cruzou com perigo na área, mas a defesa palmeirense afastou a bola. No lance seguinte, Renato Augusto teve uma boa chance em falta frontal ao gol de Fábio, mas o meia corinthiano acertou a barreira.

Percebendo que seu time pouco ficava com a bola, o treinador Ricardo Gareca adiantou a marcação, que passou a se iniciar no campo de defesa do adversário. Em uma das poucas jogadas ofensivas do Verdão, Wendel mandou a bola para a grande área, mas a zaga alvinegra desviou para escanteio.

Aos 41, Petros fez boa jogada e tocou para Ralf, que finalizou nas mãos de Fábio. O Corinthians se animou e quase abriu o placar no chute de Guerrero, que exigiu uma grande intervenção do goleiro palmeirense. No último lance de perigo da etapa inicial, Romero cruzou e Gil desviou de cabeça rente á trave.

O panorama do jogo na volta do intervalo se manteve o mesmo da primeira etapa. O Corinthians começou atacando e, logo aos 2 minutos, Petros finalizou no canto direito de Fábio, que se esticou todo para fazer a defesa. A pressão corinthiana aumentou e três minutos depois Elias fez grande jogada pelo meio e tocou para Guerrero que, de frente para o gol, finalizou no canto esquerdo para abrir o placar.

Após o gol, Gareca tentou tornar a equipe mais ofensiva tirando Mendieta e colocando Leandro. A alteração fez com que o Palmeiras aumentasse sua participação dentro da partida, mas faltava qualidade técnica para fazer a bola chegar em boas condições aos atacantes, já que Felipe Menezes estava escondido no jogo e Wesley muito recuado. Aos 17, o time da casa quase ampliou o marcador, quando Guerrero chutou cruzado, mas a bola passou à direita do goleiro Fábio. Aos 23, o Palmeiras teve sua primeira boa chance na etapa final, quando Mouche cruzou na direção de Henrique que cabeceou mal. Gareca perdeu a paciência com o centroavante e lhe tirou da equipe para a entrada de Érik.

Aos 28, Elias arriscou de fora da área e Fábio se esticou todo para evitar o segundo do Timão. Logo em seguida, Mano Menezes colocou Romarinho no lugar de Romero. Aos poucos o Corinthians foi diminuindo o ritmo e administrando o resultado, enquanto o Verdão tentava algo, mas sem muita eficiência.

Aos 35, Mouche arriscou de fora da área, mas a bola passou longe do gol de Cássio. Nos minutos finais, o Palmeiras foi para cima e até conseguiu boas oportunidades, mas a falta de um finalizador claramente prejudicou a equipe. Mas quem marcou mesmo foi o Timão. Elias tocou para Petros que finalizou de direita. A bola bateu na trave, resvalou no goleiro Fabio e morreu no fundo das redes palmeirenses.



Jornalista com passagens pela Rádio K (Goiânia) e sites Portal MF e PlanetaSportivo. Atualmente é Apresentador e Comentarista da Rádio RDG Esportes (www.rdgesportes.com.br) e editor de esportes do Jornal O Regional.